228 operacionais e 2 meios aéreos combatem incêndio no concelho de Grândola (em atualização)

Continua ativo e com uma frente de fogo, o incêndio que desde ontem consome mato no concelho de Grândola e que ontem obrigou à evacuação de pequenos aglomerados populacionais por motivos de precaução.

A freguesia de Azinheira de Barros e São Mamede do Sádão, é a mais afetada, não estando neste momento o fogo no concelho de Santiago do Cacém, embora na noite de ontem tenha atingido a freguesia da Abela, mas rapidamente controlado.

No local estão 228 operacionais, apoiados por 2 meios aéreos e 74 veículos, esperando-se mais dois meios aéreos ainda no dia de hoje.

Recorde-se que ontem a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) interrompeu a circulação ferroviária na Linha do Sul e a circulação no IC1 entre Canal Caveira e Azinheira de Barros, entretanto restabelecida.

Segundo as últimas informações prestadas por Patrícia Gaspar da ANPC o fogo no concelho de Grândola é um dos que suscita maior preocupação, embora “já apresente sinais de que está a ceder aos meios e operações de combate a decorrer no terreno”.

Patrícia Gaspar salientou, ainda, o facto de se preverem para os próximos dias elevadas temperaturas, que preocupam os que estão no terreno a combaterem as chamas, sendo impossível de prever quando se extinguirá qualquer um dos incêndios em curso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*