Alcácer do Sal: Câmara adere à Rede Integrada de Respostas à Violência Doméstica

A Câmara de Alcácer do Sal aderiu através de um protocolo de cooperação à Rede Integrada de Respostas à Violência Doméstica do Alentejo Litoral (RIVDAL).

A nova entidade surgiu da constituição de um grupo de trabalho no Alentejo Litoral, em 2012 e de uma formação promovida pela UMAR (União Mulheres Alternativa e Resposta) sobre capitação de técnicos para intervenção em situações de violência doméstica.

O problema da violência doméstica tem assumido uma visibilidade a nível nacional e também local cada vez maior, tornando-se prioritário o esforço da comunidade para a eliminação e prevenção deste tipo de violência que compromete, claramente, o desenvolvimento da criança, da família e da comunidade em geral.

Consequência desta necessidade de intervenção articulada e em rede, a RIVDAL tem ampliado o número de parceiros e integra, atualmente, os Municípios do Alentejo Litoral, as CPCJ, representantes da Saúde, da Segurança Social, do Emprego, o Instituto Politécnico de Setúbal e as várias instituições que trabalham a problemática da violência doméstica.

De acordo com a Vereadora Ana Chaves, responsável pela ação social “a finalidade da constituição da RIVDAL centra-se assim, na promoção de uma atitude de permanente articulação/ cooperação e de complementaridade pela potenciação de recursos localmente disponíveis para o combate à violência doméstica”.

Ainda de acordo com a Vereadora “ só através da definição de mecanismos de trabalho articulado entre as entidades parceiras envolvidas quer ao nível da prevenção primária, quer ao nível do diagnóstico é possível o aprofundamento do conhecimento do fenómeno”.

Fonte:CMAS