Alcácer do Sal: Estudantes de arqueologia americanos e ingleses visitam Cripta

Seis estudantes de arqueologia norte – americanos e um de nacionalidade inglesa visitaram, na tarde de terça-feira, a Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal.

Os estudantes encontram-se em Tróia, ao abrigo de um protocolo, a realizar escavações nas Ruínas Romanas de Tróia.

Após a visita guiada pelos técnicos da autarquia, os estudantes manifestaram-se “maravilhados com aquele espaço museológico e com a importância que Alcácer do Sal teve ao longo de 27 séculos de história”.

Os estudantes encontram-se em Portugal com o objetivo de conhecer a realidade da ocupação humana na época romana. Após a visita, deslocaram-se ao recinto da PIMEL 2014.

A “CEAUCP – Tróia Summer School” é um novo programa de trabalho de campo arqueológico que oferece aos estudantes a oportunidade de participar num projeto científico de Arqueologia no maior centro de produção de produtos piscícolas conhecido no mundo romano, e hoje designado por TROIA RUINAS, sítio que é Monumento Nacional desde 1910.

Este projeto resulta de uma parceria do troiaresort com o Centro de Estudos Arqueológicos das Universidades de Coimbra e Porto (CEAUCP) e com a Universidade do Arizona.