Alentejo Litoral: Seis projetos premiados pela Entidade Regional de Turismo

Prémio Melhor Gastronomia à Tasca do Celso
Prémio Melhor Gastronomia à Tasca do Celso em Milfontes 

A Entidade Regional de Turismo entregou ontem, dia 13 de Março, os Prémios “Turismo do Alentejo” e “Turismo do Ribatejo” 2015, numa cerimónia que se realizou no auditório do Centro de Artes de Sines.

Dos 122 projetos a concurso – 102 do Alentejo e 20 do Ribatejo -, o júri distinguiu seis projetos do Litoral Alentejano englobados nas categorias melhor gastronomia; melhor animação turística; melhor turismo rural; melhor empreendimento turístico e melhor projeto público.

Sublime Comporta recebeu prémio melhor turismo rural
Sublime Comporta recebeu prémio melhor turismo rural

O restaurante Tasca do Celso, em vila nova de milfontes, odemira, recebeu o prémio melhor gastronomia. O Badoca Safari Park, em santiago do cacém, recebeu uma menção honrosa na categoria melhor animação turística.

O Sublime Comporta Country Retreat & SPA, na comporta, alcácer do sal, e o turismo rural ‘Pé no Monte’, em são teotónio, odemira, receberam o prémio melhor turismo rural.

Melhor turismo rural para o projeto 'Pé no Monte'
Melhor turismo rural para o ‘Pé no Monte’, em São Teotónio

Na categoria melhor empreendimento turístico, o júri atribuiu uma menção honrosa ao projeto Maria Mar, Surf Guesthouse, em melides, grândola e o melhor projeto publico à Mina de Ciência: Explorar Ciência, Extrair Conhecimento’, no lousal, grândola.

Mina da Ciência no Lousal melhor projeto público
Mina da Ciência no Lousal melhor projeto público

Na ocasião, a Secretária de Estado do Turismo, reconheceu que o setor teve a capacidade de, nos últimos dez anos, ser uma atividade que produz riqueza e cria emprego em Portugal. “Isto é resultado de muito investimento público e privado”, adiantou Ana Mendes Godinho que defende uma aposta ao nível da formação e de financiamento.

Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho
Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho

Além da aposta na formação, temos linhas de crédito muito apelativas que devem ser aproveitadas pelos empresários e queremos apostar mais na promoção e divulgação turística para aumentar o valor da nossa oferta e fazer com que quem nos visita procure conhecer mais além do que os destinos tradicionais”, sublinhou.

Para Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, os prémios criados há seis anos têm o propósito de motivar e premiar o mérito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *