Alentejo Litoral vai hastear 28 bandeiras azuis em 2018

Os resultados foram conhecidos na última sexta-feira, dia 27 de abril e o Alentejo Litoral foi contemplado com vinte e cinco bandeiras azuis para praias costeiras, 1 fluvial e 2 bandeiras na categoria de marinas.

Recorde-se que o galardão vai ser entregue a um total de 332 praias e também a 18 marinas, mais quatro do que no ano passado, e a sete embarcações ecoturísticas.

As mais de 300 praias estão distribuídas por 86 concelhos, sendo 299 praias costeiras e 33 praias fluviais.

No concelho de Grândola foram galardoadas 10 praias e 1 marina e são elas: Tróia-Mar; Tróia-Galé; Tróia-Bico das Lulas; Atlântica; Comporta; Carvalhal; Pego; Galé-Fontainhas; Aberta Nova e Melides. A Marina de Tróia foi galardoada na categoria de marina.

No concelho de Santiago do Cacém foram atribuídas 2 bandeiras às praias da Costa de Santo André e Fonte do Cortiço.

Sines, viu serem-lhe atribuídas 5 bandeiras azuis (São Torpes; Vasco da Gama; Vieirinha/Vale de Figueiros; Grande de Porto Covo e Ilha do Pessegueiro) e ainda galardoada a Marina do Porto de Recreio.

Odemira arrecadou 8 galardões para praias costeiras (Malhão; Farol; Franquia; Furnas; Almograve; Zambujeira do Mar; Alteirinhos e Carvalhal) e viu mais uma vez ser atribuída à praia fluvial de Santa Clara nova bandeira.

O tema deste ano recaí para – ‘O mar que respiramos’ – e pretende alertar as pessoas para a necessidade de alteração de comportamentos.

“Opte por energias renováveis, ande mais de transportes públicos e recuse o uso do plástico descartável”, são algumas das propostas da campanha deste ano.

Para este ano estão previstas sete atividades de educação ambiental em embarcações, 784 em praias e 73 em marinas, num total de 864.

A atribuição da Bandeira Azul tem em conta critérios como a “informação e educação ambiental”, “qualidade da água”, “gestão ambiental e equipamentos” e “segurança e serviços”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *