Arrancaram obras de Requalificação de Espaço Público no Bairro das Flores

As obras de “Requalificação de Espaço Público no Bairro das Flores”, é uma intervenção da Câmara Municipal de Santiago do Cacém a ser executada através da  empresa PROTECNIL – Sociedade Técnica de Construções, S.A. 

Este é  o maior Bairro de Vila Nova de Santo André, com mais de 40 anos, cuja imagem geral, quer paisagisticamente, quer funcionalmente, irá ser requalificada valorizando os usos partilhados do espaço público.

O investimento ronda os 2 milhões de euros, que se traduz numa das maiores empreitadas realizadas pela autarquia.

Serão abrangidas as seguintes intervenções, que decorrerão em três fases:

– Requalificação das áreas de circulação pedonal, através da repavimentação dos passeios existentes, criação de acessos desnivelados às passadeiras, remoção de obstáculos (melhoria da mobilidade e maior acessibilidade);

– Redefinição das áreas pedonais / áreas de circulação mistas / áreas viárias, com diferenciação de materiais, repavimentação de áreas degradadas (estruturação do espaço público);

– Uniformização de ruas interiores do bairro, com vista a uma futura transformação dos canteiros em frente às moradias, com alteração das tipologias de revestimento e manutenção dos mesmos;

– Restruturação dos espaços verdes do bairro, com redefinição da rede de rega e redução dos custos de manutenção;

– Colocação de mobiliário e equipamento urbano, de modo a melhorar a utilização / fruição do espaço;

– Resolução de problemas de drenagem pluvial.

A duração estimada de toda a obra é de 18 meses e será realizada de forma faseada para diminuir os incómodos causados aos habitantes do bairro.

A primeira fase será a “Zona C” delimitada pela Ruas das Camarinhas, dos Lírios, dos Manjericos e da Nogueira, com duração prevista de 4 a 5 meses.

Para informações mais detalhadas das obras em execução, consulte o site da Câmara Municipal de Santiago do Cacém www.cm-santiagocacem.pt/ordenamento-do-territorio/obras-cofinanciadas-pelo-portugal-2020-ue/

Esta obra está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) da Câmara Municipal, e é financiada em  1.327.200 euros por fundos da União Europeia através programa operacional do Alentejo 2020, Portugal 2020 e FEDER.

Fonte: CMSC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *