Todos os artigos de Helga Nobre

ODEMIRA: COREOGRAFA MADALENA VICTORINO APRESENTA ESPETÁCULO “POUCA TERRA”

madalenaNos próximos dias 1 e 2 de maio vai ser apresentado à comunidade do concelho de Odemira o espetáculo “Pouca Terra”, uma das cinco produções incluídas no projeto “MIRAGEM!”, um Projeto Cultural Educativo promovido pelo Município de Odemira, que pretende aproximar as crianças ao mundo das artes performativas. 

 

“Pouca Terra” vai ser apresentado no dia 1 de maio, na EB2,3 de Sabóia e no dia 2 de maio na EB2,3 de Colos. Os espetáculos terão início pelas 21.00 horas, com entradas livres.

Do jazz à bossa nova, do reggae aos sons balcânicos, este espetáculo propõe uma miragem de sons por um Atlas Musical como uma viagem de comboio sem sair do lugar, com interpretação de Nuno Salvado (acordeão), Tó Mandala (percussão) e Remi Gallet (trompete).

Com criação e coordenação da coreógrafa Madalena Victorino, numa iniciativa do Município de Odemira, o projeto “MIRAGEM!” inclui cinco espetáculos, que estão a ser desenvolvidos e apresentados em escolas e na comunidade, entre os meses de fevereiro e novembro de 2014, e onde os ingredientes são o Teatro de Objetos e Novo Circo, Dança e Música

Alunos das escolas dos Agrupamentos de Colos, Sabóia, S. Teotónio, Vila Nova de Milfontes e Odemira são convidados a participar em espetáculos, expressamente preparados para estas idades, “que trazem novos horizontes, acordam a criatividade, convidam ao olhar, levam as crianças a falar, a dançar, a saber gostar de música, de dança, de teatro e a querer mais e mais espetáculos”.

 

Os cinco espetáculos do Projeto MIRAGEM!:

PHOTOMATON (Parte de uma enorme mala de onde vão saindo objetos, sons e histórias que nem sempre precisam de palavras; criação e interpretação: Fernando Mota; apresentado em fevereiro)

COMO PEDRAS FORA DO CHÃO (Este espetáculo é sobre a agitação de meninos e o desassossego de homens, sobre o momento em que deixamos de nos tentar endireitar; Criação e interpretação: Pedro Salvador e Ricardo Machado; apresentado em março)

POUCA TERRA (Do jazz à bossa nova, do reggae aos sons balcânicos, Pouca Terra propõe uma miragem de sons por um Atlas Musical como uma viagem de comboio sem sair do lugar… Acordeão: Nuno Salvado, percussão: Tó Mandala, trompete: Remi Gallet; apresentado em abril e maio)

PEDRA-PÃO (Retrata o contexto da crise económica atual revelando três personagens que exploram o avesso dos móveis usados, procurando construir sobre as suas ruinas, universos novos de habitar; Direção: Patrick Murys, interpretação: Inês Oliveira, Mafalda Saloio e Patrick Murys; agendado para novembro)

ÚLTIMA MIRAGEM (Laboratórios de construção de mini-espetáculos em que as crianças apresentam a sua própria MIRAGEM; agendado para novembro)

Share

IRS : Último dia para entrega de declarações dos trabalhadores dependentes

irs1O prazo para os trabalhadores dependentes e pensionistas entregarem as declarações de IRS relativas aos rendimentos de 2013 através da internet termina esta quarta-feira.

Também os trabalhadores independentes (os chamados recibos verdes) que optaram por fazer a entrega da declaração de IRS em papel têm até hoje para declarar os rendimentos relativos a outras categorias (além das A e H).

O prazo para os trabalhadores independentes apresentarem as suas declarações de rendimentos de 2013 através da internet começa no dia 1 de Maio e termina no último dia desse mês.

Ontem, o bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) revelou que há contribuintes não estão a conseguir entregar as declarações de IRS no Portal das Finanças, porque “o sistema não funciona”.

De acordo com Domingues de Azevedo, o facto de haver “uma afluência maior” ao Portal das Finanças nos últimos dias do prazo para entregar a declaração de rendimentos de 2013 pela internet no caso dos rendimentos das categorias A e H faz com que “as pessoas não consigam entregar as declarações”.

Questionada pela Lusa, fonte do Ministério das Finanças afirmou, no entanto, que, “de acordo com informações da Autoridade Tributária e Aduaneira, o Portal das Finanças está operacional”.

Share

Santiago do Cacém: “Ler com Prazer” promove a leitura junto dos mais novos

DSC_3814A Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca foi palco, no dia 23 de abril, da final da segunda edição do concurso concelhio de leitura “Ler com Prazer” organizado pelos Agrupamentos de Escolas do Cercal do Alentejo, de Santiago do Cacém, de Santo André e Prof. Arménio Lança de Alvalade, com o apoio da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura.

O objetivo do concurso é promover, junto das crianças e jovens do Município, a leitura e o desenvolvimento da expressividade (leitura expressiva em voz alta).

Depois das eliminatórias que decorreram nos Agrupamentos de Escolas, em que participaram alunos do 1.º ciclo (3.º e 4.º Anos), 2.º ciclo (5.º e 6.º Anos) e 3.º ciclo (7.º, 8.º e 9.º Anos), chegaram à final 24 alunos.

O júri constituído pela Vereadora Margarida Santos, pelo escritor Paulo Condessa e pela Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Silva, deliberou distinguir os seguintes alunos:

Leonardo Filipe Lemos – Agrupamento de Escolas do Cercal do Alentejo

3.º Ano de escolaridade do 1.º ciclo do Ensino Básico

João Aboim – Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém

4.º Ano de escolaridade do 1.º ciclo do Ensino Básico

Laura Modesto – Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém

5.º Ano de escolaridade do 2.º ciclo do Ensino Básico

Nahawa Pacheco – Agrupamento de Escolas de Santo André

6.º Ano de escolaridade do 2.º ciclo do Ensino Básico

Ana Carolina Direito – Agrupamento de Escolas de Santo André

7.º Ano de escolaridade do 3.º ciclo do Ensino Básico

Inês Tojinha – Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém

8.º Ano de escolaridade do 3.º ciclo do Ensino Básico

Hugo Correia – Agrupamento de Escolas de Santo André

9.º Ano de escolaridade do 3.º ciclo do Ensino Básico

Share

Concluída modernização do Terminal de Graneis Líquidos do Porto de Sines

porto de sinesNum investimento de 4 milhões de euros, a CLT – Companhia  Logística de Terminais Marítimos, empresa concessionária do Terminal de Graneis Líquidos do Porto de Sines, efectuou durante cerca de 7 semanas a modernização dos Postos 4 e 5, com os trabalhos a decorrerem por turnos, ininterruptamente, 24×7. Neste período participaram nos trabalhos 21 diferentes empresas de várias especialidades, com um total de 30.211 horas-homem trabalhadas e zero acidentes registados.

 

Tirando partido da paragem técnica da Refinaria de Sines, principal utilizador do Terminal de Graneis Líquidos, foi realizado um conjunto integrado de intervenções técnicas nestes postos de atracação, nomeadamente ao nível dos pipelines e dos equipamentos de segurança e controlo, de forma a torna-los mais seguros, versáteis e com maior capacidade de controlo das operações. Foi melhorada a capacidade de segregação de produtos para os vários clientes actuais e futuros, foi melhorado o controlo de caudal e a drenagem das linhas, foram substituídas válvulas de seccionamento e instaladas novas válvulas de abertura percentual, a par da substituição das torres de incêndio, de troços de linha e de um dos tanques de depósito de drenos.

De referir os Postos 4 e 5 são responsáveis pelas principais movimentações de gasolinas e gasóleos, dois dos principais produtos exportados por Portugal. Estes postos são também responsáveis pela movimentação de LPG, metanol, nafta química e outros produtos refinados, essenciais para o tecido empresarial instalado na Zona Industrial e Logística de Sines. Para além da Galp Energia, são também clientes deste terminal a Repsol Polímeros, a Euroresinas, a Artlant, a Sigás, entre outros.

Share

Alcácer do Sal: Liga Portuguesa Contra o Cancro promove rastreio

LIGA-PORTUGUESA-CONTRA-O-CANCROO Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) promove o rastreio gratuito ao cancro da mama na freguesia de Alcácer do Sal, entre os dias 4 de maio e 12 de junho de 2014, e lança o apelo à participação da população feminina, com idade compreendida entre os 45 e os 69 anos.


A iniciativa decorre no âmbito da 4.ª volta do Programa de Rastreio de Cancro da Mama no concelho de Alcácer do Sal, distrito de Setúbal.

A Unidade Móvel de Mamografia Digital vai permanecer estacionada junto Centro de Saúde Alcácer do Sal, com o horário de funcionamento de segunda a quinta-feira, das 9 às 13 horas e das 14 horas às 17h30. Às sextas-feiras o horário de funcionamento é apenas no período da manhã, das 9 às 13 horas.

As mulheres inscritas no centro de saúde serão convocadas por carta para efetuar o rastreio. 

Share