Câmara adjudica ampliação e renovação da Escola Básica nr4 em Vila Nova de Santo André

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém adjudicou, esta quinta-feira, a ampliação e renovação da Escola Básica nrº 4 de Vila Nova de Santo André.

A decisão foi aprovada por maioria com as abstenções dos vereadores do Partido Socialista e do PSD na reunião semanal do executivo camarário.

De acordo com o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, a obra foi adjudicada a um consórcio de empresas, por um valor de 950 mil euros. “É um compromisso do atual mandato que vinha do anterior e por isso adjudicamos a obra, estranhamente com a abstenção da oposição, e agora queremos iniciar a obra o mais rapidamente possível”.

“A base era de um milhão de euros mas a obra foi adjudicada por 951 mil euros. Para efeitos do Tribunal de Contas (TC)  não conta o IVA, o que significa que só a partir dos 950 mil o visto do TC era necessário antes de iniciar a obra. Assim, não estamos impedidos de arrancar com a obra”, acrescentou.

O autarca prevê que a obra possa arrancar em janeiro de 2018 com o “objetivo que estivesse concluída de forma a que os miúdos no início do próximo ano letivo começassem as aulas. Não jogamos a toalha ao chão e vamos tentar que isso seja possível, sendo certo que estamos dependentes do que vai ser a dinâmica da empresa que, se cumprir todos os prazos, terá a obra concluída entre agosto e setembro”. 

Recorde-se que, por uma questão de salvaguarda, os alunos da EB1/JI foram transferidos para a escola nrº1. “Decidimos em conjunto com o Agrupamento que os alunos iriam iniciar o ano na escola nr1 porque queremos garantir que assim que o empreiteiro tenha condições possa iniciar a obra”, sublinhou Álvaro Beijinha.

“A intervenção na escola básica nr4 vai ser em tudo idêntica à escola nr3 sendo certo que esta empreitada tem um valor mais significativo porque inclui a cobertura do estabelecimento de ensino”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*