Arquivo da categoria: Ambiente

Ferreira do Alentejo: Campanha de sensibilização dirigida ao comércio local

sensibilizacao ferreiraNo âmbito do projeto Ferreira Sustentável, está decorrer uma campanha de sensibilização dirigida ao comércio local.

 

Até ao final do mês de maio, serão visitados todos os estabelecimentos comerciais do concelho, com o objetivo de esclarecer dúvidas e sensibilizar os comerciantes para a separação dos resíduos e correta utilização dos equipamentos de deposição, nomeadamente ecopontos e contentores.

Pretende-se ainda, dar a conhecer o Ecocentro de Ferreira do Alentejo, onde podem ser entregues gratuitamente uma grande diversidade de resíduos. Durante a campanha será ainda distribuído um folheto com informações úteis e contatos dos serviços do município.

Share

CAMPANHA DE LIMPEZA DOS AREAIS A NORTE DE MILFONTES

limpeza praia_MAIONo  dia 24 maio, sábado, o Município de Odemira vai promover uma campanha de limpeza da costa, nos areais da freguesia de Vila Nova de Milfontes.

 

A limpeza incidirá no areal dos Aivados, a norte de Vila Nova de Milfontes. Esta iniciativa pretende sensibilizar a população e turistas para o problema da poluição da costa e as consequências para os ecossistemas. 

As inscrições decorrem até ao dia 21de maio. Para mais informações e inscrições, contactar o Município de Odemira através dos números 283 320 900 / 961 620 611 ou pelo e-mail ambiente@cm-odemira.pt

A concentração dos participantes será no estacionamento junto ao areal dos Aivados,   a partir das 9.30 e das 14.00 horas.  

O Município conta com a colaboração da Junta de Freguesia de Milfontes.

Share

Odemira: Há vida no charco

ha vida no charcoIntegrada nas atividades de Educação Ambiental do programa Bandeira Azul 2014, em parceria com a Associação Nacional de Conservação da Natureza – Quercus, o Múnicipio de Odemira promove dia 17 de maio, pelas 15h00, uma visita interpretativa guiada a uma zona de charcos perto da localidade de Almograve.

 

Esta atividade, tem como objetivo o reconhecimento dos valores naturais dos charcos temporários mediterrânicos e observação de anfibios e répteis.

Os charcos temporários mediterrânicos, que ocorrem na Costa Sudoeste de Portugal, são um habitat natural com uma biodiversidade muito específica, contudo, são um habitat muito ameaçado, devido à sua fragilidade ecológica e desconhecimento do seu valor natural.

Um dos principais fatores que contribuem para o declínio deste habitat, são a intensificação da agricultura industrializada e o turismo. Durante a visita será dada especial atenção aos anfíbios e répteis, nomeadamente ao cágado de carapaça estriada.

As incrições de participação já se encontram abertas, e poderão ser realizadas até ao dia 14 de maio, tendo inscrições limitadas de 25 pessoas. O ponto de encontro será no Cais de Odemira, às 15h00 do dia 17 de maio.

Share

Odemira: Limpeza das praias

cartaz limpeza praiasO Município de Odemira vai promover uma campanha de limpeza da costa, nos areais da freguesia de Vila Nova de Milfontes no próximo dia 24 de maio.

 

A limpeza vai incidir no areal dos Aivados, a norte de Vila Nova de Milfontes. Esta iniciativa pretende sensibilizar a população e turistas para o problema da poluição da costa e as consequências para os ecossistemas.

As inscrições decorrem até ao dia 21de maio. A concentração dos participantes será no estacionamento junto ao areal dos Aivados, a partir das 9.30 e das 14.00 horas.

O Município conta com a colaboração da Junta de Freguesia de Milfontes.

Share

Água: AdSa avança com intervenções para melhorar sistema de Tratamento de Águas Residuais

logoA Empresa Águas de Santo André (AdSa) está a efetuar um conjunto de intervenções que visam a melhoria dos sistemas do Tratamento de Águas Residuais da Zona Industrial e Logística de Sines.

 

Em declarações aos jornalistas, Manuel Lacerda, administrador-executivo da AdSa explicou que o investimento visa aumentar a eficiência da ETAR.

O responsável adiantou ainda que já foi lançado o concurso para a substituição do troço terrestre do emissário submarino que apresentava problemas.

Do conjunto de intervenções que a AdSa tem em curso, destacam-se as “melhorias físicas” da Caixa de Reunião da Barbuda que permitirão reduzir os odores.

O administrador, que não especificou o montante do investimento de “milhões”, adiantou que nos próximos anos estão previstos investimentos avultados num “sistema eficiente e avançado” que “satisfaça a qualidade de vida das populações e do meio ambiente”.

O novo administrador-executivo da AdSa garante que a Estação de Tratamento de Águas Residuais tem capacidade para tratar todos os resíduos da plataforma industrial.

 

Share