Cavaco Silva antecipa reforço das relações com Singapura

cavaco-silvaO Presidente da República antecipou hoje o reforço das relações entre Portugal e Singapura, lembrando que nos últimos anos os dois países têm vindo a “redescobrir-se”.

“Ficou claro nas conversações que acabámos de de ter que as relações entre Portugal e Singapura podem ainda reforçar-se muito mais no futuro”, afirmou o chefe de Estado português, Aníbal Cavaco Silva, numa declaração aos jornalistas no final de um encontro com o seu homólogo de Singapura, Tony Tan Keng Yam, que iniciou hoje uma visita de Estado a Portugal.

Destacando o apoio de Portugal às negociações que estão a ocorrer entre Singapura e a União Europeia para a criação de uma “zona de comércio livre”, Cavaco Silva sublinhou que os empresários portugueses têm interesse naquele país não apenas pelo seu mercado interno, mas também “como uma porta de entrada para os mercados asiáticos”.

“Os contactos entre os dois países aumentaram significativamente nos anos mais recentes, podemos dizer que estamos a redescobrir um ao outro”, frisou, lembrando Singapura é o principal mercado português no espaço económico na Ásia.

O Presidente da República, que visitou Singapura em 2012, referiu também é a primeira vez que um chefe de Estado daquele país asiático está em Portugal, considerando que as duas deslocações “confirmam a vontade forte das autoridades dos dois países em reforçar as relações”.

“Ambos os países atribuem grande importância ao reforço do dinamismo das relações empresariais”, referiu, sublinhando a importância da delegação empresarial que acompanha Tony Tan Keng Yam.

Cavaco Silva destacou igualmente o facto de hoje ir ser assinado um memorando de entendimento entre a administração do Porto de Sines e a empresa dos portos de Singapura para a extensão do terminal 21 de contentores.

Esse acordo, acrescentou, abre possibilidades para o Porto de Sines vir a acolher navios de maior dimensão e, com a construção da “via rápida ferroviária” para Espanha, as mercadorias poderão mais facilmente ser colocadas em toda a peninsula ibérica.

Na sua declaração à imprensa, Tony Tan Keng Yam destacou o apoio de Portugal à ratificação de um acordo de livre comércio entre Singapura e a UE.

“O presidente Cavaco Silva deixou claro o apoio inequívoco à ratificação do acordo entre a UE e Singapura, que permitirá estruturar o comércio e investimentos” entre o bloco europeu e o país asiático, declarou.

Na primeira visita de um chefe de Estado singapurense a Portugal, Tony Tan Keng Yam sublinhou a importância dos investimentes em Portugal de empresas como a PSA (Port of Singapore Authority), detentora da concessão do terminal de contentores de Sines, ou a cadeia de hotéis de luxo Aman Resorts, e a realização do Business Fórum, na terça-feira, seguido de vários contactos entre empresas de Singapura e portuguesas.