CIMAL pede audiência urgente ao Ministro da Saúde

Os Presidentes de Câmara do Alentejo Litoral solicitaram uma audiência com caráter de urgência ao Ministro da Saúde, manifestando preocupações em relação ao funcionamento e ao financiamento da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano.

«Neste momento a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano regista novamente situações de funcionamento que nos suscitam as maiores preocupações e, com base no conhecimento de que dispomos, nos levam a recear que se encontre em causa a garantia de determinadas valências e a prestação dos cuidados de saúde a uma população de aproximadamente 98 mil habitantes», pode ler-se na carta que Vítor Proença, presidente do Conselho Intermunicipal do Alentejo Litoral, remeteu ao Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

Em causa está «a atual realidade da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, da prestação de cuidados primários e hospitalares, bem como a funcionalidade dos cuidados paliativos, mas também as condições gerais de financiamento daquela unidade», acrescenta ainda o documento.

Vítor Proença relembra que numa audiência ocorrida em novembro do ano passado os autarcas e a equipa do Ministro da Saúde acordaram a realização de reuniões semestrais de avaliação, acompanhamento e discussão das medidas de melhoria da prestação dos cuidados de saúde na sub-região.

Fonte: CIMAL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*