Cirurgias de ambulatório encerradas no Litoral Alentejano devido à greve dos enfermeiros

A greve dos enfermeiros registou hoje uma adesão de 90% no bloco operatório e “encerrou as cirurgias de ambulatório” do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, indicou o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP).

O bloco operatório está com uma adesão de 90 por cento e só há uma sala de emergência a funcionar para assegurar que apenas as cirurgias emergentes se concretizam”, adiantou Zoraima Prado, dirigente do SEP.

A greve, que arrancou às 8:00 da manhã desta quarta-feira, levou ainda ao encerramento do serviço de ambulatório da unidade hospitalar devido “à adesão de 100%” dos enfermeiros, adiantou a dirigente do SEP.

Ao nível das cirurgias de ambulatório, o serviço está mesmo encerrado e tudo o que estava programado nesse sentido não se concretiza porque a adesão foi de 100 por cento”, acrescentou Zoraima Prado.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses ainda não dispõe do número de cirurgias canceladas no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, no primeiro dia da greve dos enfermeiros.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *