Colóquio em Sines debate história portuária, comércio intercontinental e escravatura

A Câmara Municipal de Sines, através do seu Arquivo Municipal, organiza, entre 7 e 9 de setembro, o colóquio ‘Sines, o Porto e o Mar. História e Património’.

Este evento científico contará com a presença de vários investigadores portugueses e internacionais, entre os quais João Paulo Oliveira e Costa, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Onésimo Teotónio de Almeida, da Universidade de Brown, nos Estados Unidos da América, e Amélia Polónia, da Universidade do Porto.

Serão apresentados os resultados dos vários projetos de investigação em curso no que respeita os temas das rotas marítimas e comércio intercontinental, o património portuário português e a problemática da escravatura. Em destaque estará também o porto de Sines e a história social do concelho.

No dia 8 de setembro serão apresentadas duas obras historiográficas que renovam a história local ‘Sines na Idade Média’, com autoria de Maria Alegria Fernandes Marques, e ‘Sines, a Terra e o Mar’, com autoria de Paula Pereira e Sandra Patrício.

Estará patente, no piso 0 do Arquivo Municipal, no Centro de Artes de Sines, a exposição ‘Os Africanos em Portugal: História e Memória (XV – XXI)’, da autoria de Isabel Castro Henriques e organizada pelo Comité Português do Projeto UNESCO ‘A Rota do Escravo’ e da Comissão Nacional da UNESCO. A presença africana em Sines será recordada também através de uma pequena mostra integrada na exposição.

O evento terá como parceiros a Administração do Porto de Sines e Algarve (APS), a Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano, a Direção Regional de Cultura do Alentejo, o Centro de História da Universidade de Lisboa, o Centro de História d’Aquém e d’Além Mar (CHAM) da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade dos Açores, o Centro de Interdisciplinar de História, Cultura e Sociedades (CIDEHUS) da Universidade de Évora, o Centro de Investigaçã Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória (CITCEM) da Universidade do Porto, Centro de Estudos da População da Economia e Sociedade (CEPESE) e a Escola Secundária Poeta Al Berto (Sines).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *