Concluída modernização do Terminal de Graneis Líquidos do Porto de Sines

porto de sinesNum investimento de 4 milhões de euros, a CLT – Companhia  Logística de Terminais Marítimos, empresa concessionária do Terminal de Graneis Líquidos do Porto de Sines, efectuou durante cerca de 7 semanas a modernização dos Postos 4 e 5, com os trabalhos a decorrerem por turnos, ininterruptamente, 24×7. Neste período participaram nos trabalhos 21 diferentes empresas de várias especialidades, com um total de 30.211 horas-homem trabalhadas e zero acidentes registados.

 

Tirando partido da paragem técnica da Refinaria de Sines, principal utilizador do Terminal de Graneis Líquidos, foi realizado um conjunto integrado de intervenções técnicas nestes postos de atracação, nomeadamente ao nível dos pipelines e dos equipamentos de segurança e controlo, de forma a torna-los mais seguros, versáteis e com maior capacidade de controlo das operações. Foi melhorada a capacidade de segregação de produtos para os vários clientes actuais e futuros, foi melhorado o controlo de caudal e a drenagem das linhas, foram substituídas válvulas de seccionamento e instaladas novas válvulas de abertura percentual, a par da substituição das torres de incêndio, de troços de linha e de um dos tanques de depósito de drenos.

De referir os Postos 4 e 5 são responsáveis pelas principais movimentações de gasolinas e gasóleos, dois dos principais produtos exportados por Portugal. Estes postos são também responsáveis pela movimentação de LPG, metanol, nafta química e outros produtos refinados, essenciais para o tecido empresarial instalado na Zona Industrial e Logística de Sines. Para além da Galp Energia, são também clientes deste terminal a Repsol Polímeros, a Euroresinas, a Artlant, a Sigás, entre outros.