Concurso público para a construção da ETAR da Comporta publicado em Diário da República

O concurso público da empreitada de conceção-construção da ETAR da Comporta foi publicado em Diário da República (DR) no dia 9 de agosto, dando resposta a um dos anseios da população, da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e da Junta de Freguesia da Comporta.

Tendo como adjudicante a AgdA – Águas Públicas do Alentejo, S.A, a empreitada, orçada em 1.350.000,00 euros e com o prazo de execução de um ano (ao qual acresce mais um ano para a fase de arranque da instalação), servirá uma população de 2500 habitantes equivalentes em época alta.

A empresa Águas Públicas do Alentejo e a Câmara Municipal de Alcácer do Sal valorizam esta obra futura, vencidas que foram várias etapas: localizações, terrenos, declarações de impacto ambiental.

A Estação de Tratamento de Águas Residuais da Comporta vai ficar localizada a sul da EN253, fora da linha de vista da estrada nacional e da povoação da Comporta e enquadrada na paisagem natural. O seu princípio de funcionamento será baseado em sistema de lamas ativadas em regime sequencial e disporá de tratamento da fase gasosa, para evitar quaisquer odores na zona. O efluente tratado terá como destino final a infiltração no solo, evitando qualquer descarga para o sensível meio recetor constituído pelo estuário do Sado e, em particular, pelo sapal da Carrasqueira e do Esteiro Novo.

A ETAR disporá ainda de um sistema de receção e tratamento para efluentes transportados por limpa-fossas e fará a reutilização de águas tratadas que, através de um tratamento específico, serão utilizadas como água de serviço.

Numa segunda fase, o sistema de águas residuais da Comporta avançará com o lançamento do concurso público para a construção da Estação e Condutas Elevatórias, que receberão as águas residuais drenadas pela rede de coletores urbanos da Comporta e as conduzirão para a ETAR.

Fonte: CMAS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*