Estação Náutica de Sines vai potenciar atividades ligadas ao mar – autarca

A candidatura da Câmara Municipal de Sines e do Sines Tecnopolo para a certificação da Estação Náutica de Sines (ENS) foi recentemente aprovada sendo este o “primeiro passo” para avançar com atividades ligadas ao mar e “potenciar” o concelho.

A certificação da Estação Náutica de Sines, cuja candidatura conta com a adesão de mais de 20 entidades do concelho de Sines e do litoral alentejano, foi aprovada em outubro pelo Fórum Oceano, membro e representante de Portugal junto da FEDETON (entidade gestora da rede internacional de estações náuticas).

“Decorre de um conjunto de vontades por parte das entidades locais, desde o Sines Tecnopolo, APS, ADRAL, Universidade Évora, Aporvela, Clube Náutico de Sines à Associação de Nadadores Salvadores do Litoral Alentejano, que têm interesses nesta temática e, o município de Sines, consciente das necessidades de incentivar não só a pratica de desportos náuticos como também de valorizar aspetos relacionados com a náutica e com o mar”, revelou Nuno Mascarenhas, presidente da Câmara Municipal de Sines.

O futuro equipamento, adiantou o autarca, vai garantir “um reforço” das atividades e eventos que se realizam ao longo do ano no concelho de Sines, como os campeonatos de natação, pesca submarina e de surf, provas de mar, limpeza das praias, corridas, Feira do Mar e dia do Pescador.

“São iniciativas que visam promover as atividades relacionadas com o mar que irão potenciar e valorizar ainda mais este território”, realçou Nuno Mascarenhas referindo-se a áreas como o turismo, cultura, desporto e ambiente.

Neste sentido, prosseguiu, “há um conjunto de iniciativas que são abrangentes e que visam melhorar a oferta que temos no concelho com todas estas preocupações, não só turísticas mas também ambientais porque hoje em dia qualquer destino procura ter estas preocupações e Sines não foge à regra”.

Realçando a “oferta fabulosa” das zonas balneares e da náutica de recreio, Nuno Mascarenhas reconhece que “há um conjunto de outras atividades que, por vezes, não são valorizadas como as iniciativas promovidas pela Universidade de Évora ou da Resgate que importava incluir nesta candidatura”.

Segundo o autarca, a candidatura que “aguarda outros apoios” vai permitir realizar um conjunto de atividades que “serão desenvolvidas nos próximos anos” para “potenciar este território, no âmbito das atividades náuticas” e no sentido “de uniformizar” as estações náuticas em todo o país.

“Recordo que já recebemos provas de triatlo mas, para o próximo ano, já estamos a trabalhar para ter provas nacionais e internacionais, já fizemos provas e campeonatos nacionais de salvamento subaquático e pesca submarina e agora queremos subir o patamar. A própria Feira do Mar que, este ano, se realizou em junho agora vai aparecer mais ‘colada’ às Tasquinhas, ou seja há um conjunto de novidades que irão surgir ao longo de 2019 e que serão um espelho desta candidatura da estação náutica”, salientou.

Em declarações à Miróbriga, o autarca revelou ainda que a Estação Náutica de Sines ficará instalada, provisoriamente, no Sines Tecnopolo, até à conclusão da requalificação do edifício do antigo Centro Recreativo Siniense, localizado na zona histórica de Sines.

“Logo que construído, a ENS, ficará instalada no novo posto de turismo cuja candidatura também já foi aprovada e que fará parte do edifício do antigo centro recreativo siniense. É nossa preocupação não só requalificar aquele sítio emblemático da cidade como dar- lhe um cariz diferente daquilo que foi a sua utilização nos últimos anos enquanto esteve aberto ao público”, concluiu. 

Para o Fórum Oceano “as Estações Náuticas de Portugal irão constituir um modelo que apresenta um conjunto de virtualidades para as organizações envolvidas e respetivos territórios, no que diz respeito à diversificação da oferta turística, combate à sazonalidade, aumento do gasto por visitante, imagem de referência e qualidade e promoção conjunta de produtos turísticos a nível internacional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *