FALA regressa esta sexta-feira a Vila Nova de Milfontes (com aúdio)

O Fórum do Ambiente do Litoral Alentejano, organizado por um grupo cívico com preocupações ambientais locais, regressa esta sexta-feira a Vila Nova de Milfontes, pelo segundo ano consecutivo com o objetivo de sensibilizar a população em geral para as questões ambientais.

Este ano, a exploração de petróleo ao largo de Aljezur e a utilização dos glifosatos na agricultura foram os temas escolhidos da mesa redonda que se realiza no próximo sábado, no Salão Capela, do Colégio Nossa Senhora da Graça.

Em declarações à Miróbriga, Luís Rocha adianta que a questão do petróleo não sairá da agenda do movimento.

Em cima da mesa vai estar igualmente a utilização excessiva dos glifosatos na agricultura. O responsável explica que a presença do fitofármacos na região de Odemira representa uma preocupação para o grupo cívico.

Entre os convidados desta mesa redonda vão estar o presidente da CM de Odemira, José Alberto Guerreiro; PALP – Plataforma Algarve Livre do Petróleo, Filipa Mateus de Almeida – Engenheira agrónoma e ainda Angela Rosa da Tavira em Transição e Orgânica Shanti.

Por se tratar de temas considerados fulcrais para a região, o grupo apela à participação da população neste evento.

Declarações de Luís Rocha. A mesa redonda começa às 15h00.

A segunda edição do FALA – Fórum Ambiente do Litoral Alentejano realiza-se durante três dias, de 27 a 29 de abril, com uma programação socio-cultural diversificada que, além da mesa redonda, inclui um festival musical e uma feira associativa que conta com a participação de artesão locais, assim como de associações que promovem boas práticas ambientais.

Estão ainda previstas iniciativas de proteção e valorização dos recursos locais, através de uma limpeza de praia, agendada para este sábado, na praia do Malhão, e de um passeio para reconhecimento de plantas selvagens comestíveis (domingo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *