GNR: Operação Hermes reforça fiscalização nas estradas

NOVO distintivo GNRA partir desta sexta-feira, mais de 4.580 militares da Guarda Nacional Republicana reforçam a fiscalização nas estradas de e para locais de Veraneio.

Até 1 de Setembro, os militares estarão sobretudo atentos a manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direcção, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem e distância de segurança, condução sem habilitação legal e não utilização do cinto de segurança.

A não utilização de sistemas de retenção para crianças, a utilização indevida do uso de telemóvel, a condução sob o efeito de álcool ou de substâncias psicotrópicas e o excesso de velocidade são outras das vertentes em que incidirá a operação Hermes, acrescenta uma nota daquela força militar.

Durante as três primeiras fases da Operação Hermes 2014 registaram-se 2147 acidentes de viação, mais 113 que em 2013 (2.034).

No que respeita a vítimas, nas fases anteriores registaram-se 10 vítimas mortais (onze em 2013), 43 feridos graves (53 em 2013) e 834 feridos ligeiros (724 em 2013).

Já foram fiscalizados este ano 5.748 veículos em excesso de velocidade, 1.015 condutores com taxa de álcool superior ao permitido por lei e 776 condutores ocupantes que não utilizavam cinto de segurança ou sistema de retenção para crianças.

Fonte:Lusa