Governo recua na decisão de transformar postos da GNR em pontos de atendimento reduzido – autarquia

O Governo recuou na decisão de transformar os postos da GNR de Alvalade e Ermidas-Sado em pontos de atendimento reduzido com apenas um efetivo e a funcionarem entre as 9:00 e as 17:00, anunciou a Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

“O Chefe de Gabinete do Ministro da Administração Interna informou da decisão do Governo de suspender, a passagem dos Postos da GNR de Alvalade e Ermidas-Sado a postos de atendimento reduzido, ou seja, com funcionamento entre as 09h00 e as 17h00, e apenas com um efetivo”, adiantou a autarquia em comunicado.

A suspensão, um dia após a entrada em vigor da decisão de reduzir o horário de funcionamento daqueles postos da Guarda Nacional Republicana, decorre após o pedido de reunião “com caráter de urgência” por parte do presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém ao Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

O autarca terá sido informado de que “a medida não irá para a frente no imediato” .

Segundo Álvaro Beijinha o Governo reconheceu que a medida tinha sido tomada sem uma discussão prévia com a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia. R

O autarca foi ainda informado da intenção da Secretária de Estado da Administração Interna agendar uma reunião com a Câmara Municipal de Santiago do Cacém “para discutir este assunto” sendo, no seu entender, um momento para voltar a colocar em cima da mesa o reforço de efetivos da GNR nas duas freguesias. R

Desde 2014 que a Câmara Municipal de Santiago do Cacém se opõe à decisão de reduzir o patrulhamento nestas freguesias do interior do concelho de Santiago do Cacém.

Recorde-se que para o final da tarde de hoje estão previstas concentrações das populações agendadas pelas duas juntas de freguesia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *