Grândola: Câmara vai avançar com Plano Estratégico de Desenvolvimento Integrado

afigueiramendes_cmgrandola

A Câmara Municipal de Grândola vai avançar com a criação de um Plano Estratégico de Desenvolvimento Integrado e Sustentável, no âmbito da revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), anunciou o presidente da autarquia.

António Figueira Mendes falava durante a inauguração de mais uma edição da Feira de Agosto em Grândola que decorreu esta quinta-feira e que contou com a presença de Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

De acordo com o autarca, o processo, ainda em fase de arranque, irá contar com a participação de todos os agentes económicos do concelho e contributos da população.

Ainda no âmbito da revisão do PDM, António Figueira Mendes anunciou a intenção de avançar com a criação das áreas de reabilitação urbana de Grândola e de Melides.

De acordo com Figueira Mendes a candidatura do Plano Estratégico de Desenvolvimento Integrado ao programa ‘Portugal 2020’ será entregue até ao próximo dia 10 de setembro.

Segundo o edil, o município de Grândola vai ainda dispor de um montante de 4 milhões 550 mil euros de fundos comunitários, através do pacto para o desenvolvimento e coesão, assinado entre a CIMAL e o Governo, no âmbito do programa Portugal 2020.

Desse montante, três milhões de euros, vão ser utilizados na requalificação da escola básica do 1º ciclo de Grândola e a restante verba no Museu da Igreja de São Pedro e na Olaria de Melides, que receberão intervenções de salvaguarda e preservação do património histórico e cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*