Grândola: Lixo recolhido pela Brigada vai ser valorizado

IMG_2658As ações ambientais desenvolvidas desde 2009 pela Brigada do Mar na orla costeira do Concelho de Grândola foram ontem apresentadas durante uma sessão realizada pelo Município de Grândola no Centro Escolar do carvalhal.

Este ano e pela primeira vez o lixo recolhido vai ser valorizado. A população escolar, juvenil e sénior das freguesias do Carvalhal e de Melides está a proceder à separação dos resíduos recolhidos nas praias pelas centenas voluntários de todo o concelho.

 

No primeiro ano, a Brigada do Mar – projecto de limpeza de praias realizado anualmente durante 15 dias entre Tróia e Melides – recolheu cerca de 30 toneladas de resíduos. Em 2010 realizou em conjunto com cinquenta voluntários, recolhendo 15 toneladas de lixo. Nos anos seguintes surgiram ainda mais voluntários, a que se juntam empresas, envolvendo no total cerca de 500 pessoas.

A quantidade de lixo retirado nas últimas cinco edições ultrapassa as 80 toneladas, sendo notório o resultado na recuperação das dunas e vegetação pioneira.

 

Este projeto tem ainda o mérito de recolher uma enorme quantidade de resíduos perigosos: comprimidos, líquidos corrosivos, bidões de óleo, seringas, cadáveres de animais, que de outro modo ficariam no areal, contribuindo para a degradação de zonas tão sensíveis como é a orla costeira do Concelho de Grândola.

 

Ano após ano, aumenta o apoio logístico, a visibilidade, e a vontade de prosseguir com este projeto. A diminuição da quantidade de detritos recolhidos, é um sinal de que afinal vale a pena acreditar que a diferença de atitude é possível.

 

A Brigada do Mar conta este ano com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República. O projeto que representa Portugal na presente edição da Let’s Clean Europe, já anteriormente tinha sido distinguido com umamenção honrosa nos Green Project Awards.