Grândola: PJ detém dois homens pela prática de crime de incêndio florestal

20150901_AMEIRASDOINCENSO_GRANDOLAGILBERTORAFAEL_SOCIEDADE_HN

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, com a colaboração da GNR de Grândola, identificou e deteve dois homens, com 55 e 18 anos de idade, por sobre eles recaírem fortes indícios da prática do crime de incêndio florestal agravado. 


Os detidos são suspeitos da autoria de dezenas de ocorrências de incêndio, desde o início de julho, em Ameiras do Incenso, concelho de Grândola, e foram agora indiciados fortemente em quatro delas, que destruíram terrenos florestais e agrícolas, assim como bens e equipamentos que neles se encontravam.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido decretada a medida de coação de prisão domiciliária, a um deles, e apresentações semanais no posto policial mais próximo, ao outro, para além da proibição de contactos e de circular ou permanecer em propriedade alheia.

No corrente ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 52 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*