Grândola: Recluso de Pinheiro da Cruz encontrado morto na cela

prison bars2

Um recluso do Estabelecimento Prisional Pinheiro da Cruz, Grândola, foi encontrado morto na sua cela ontem à noite, confirmou a Direção- Geral dos Serviços Prisionais (DGSP) que indica tratar-se de “suicídio”.

O homem, de 39 anos, foi encontrado “por elementos da vigilância que procediam ao serviço de ronda habitual, tendo sido imediatamente chamado o INEM que confirmou o óbito”, adiantou o Gabinete de Informação e Relações Públicas da DGSP.

O caso foi entregue ao Ministério Público que abriu um processo de inquérito à morte do recluso. “Foi determinada a abertura de um processo de inquérito a cargo do Serviço de Auditoria e Inspeção, coordenado por um magistrado do Ministério Público”, adiantou a mesma fonte.

O homem, de nacionalidade portuguesa, cumpria uma pena de 6 anos e 8 meses pelo crime de tráfico de estupefacientes.

O corpo do recluso foi encaminhado, para autópsia, no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*