Greve: Comissão de Utentes solidária com preocupações dos enfermeiros

greve_sep_hla

A comissão de utentes do Litoral Alentejano está solidária com a greve dos enfermeiros no Hospital do Litoral Alentejano.

Recorde-se que estes profissionais de saúde levam a cabo, esta quarta-feira, uma paralisação contra os baixos salários e a carência de pessoal que atingiu uma adesão de 90 por cento nos dois primeiros turnos.

Para Dinis Silva, porta-voz da comissão de utentes além de serem mal remunerados, estes profissionais fazem falta em muitos serviços da região, nomeadamente “nos cuidados primários”.

“Se houvessem mais enfermeiros no serviço de urgência o atendimento seria mais célere e os utentes seriam mais acompanhados”, sublinhou .

Por outro lado, a Câmara Municipal de Santiago do Cacém, que também apoiou a concentração desta quarta-feira, junto à entrada principal do Hospital do Litoral Alentejano, fazendo-se representar pelo vereador  Albano Pereira  e a vice-presidente Margarida Santos.

“Temos disponibilizado casas para que médicos e enfermeiros se instalem e isso tem sido positivo porque permite fixar estes profissionais de saúde mas isso tem que ocorrer em conjunto com a estabilidade profissional”, adiantou Margarida Santos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*