Hospital do Litoral Alentejano investe 1,6 ME na ampliação da urgência

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano anunciou esta terça-feira que as obras de ampliação da urgência do Hospital do Litoral Alentejano poderão estar concluídas em outubro e que tudo indica que o serviço estará a funcionar até ao final do ano.

De acordo com Luís Matias, diretor do Conselho de Administração da ULSLA, a nova urgência poderá estar em pleno funcionamento no final deste ano. 

“A conclusão está prevista para o próximo mês de outubro e, de acordo com o cronograma da obra, não há evidências de que esteja atrasado. Depois da obra de construção-civil ser entregue avançaremos para a colocação do equipamento e, se não houver nenhum deslize na obra, julgo que a nova urgência estará em funcionamento pleno no final deste ano”, adiantou.

As obras, que resultam de um investimento de cerca de 1,6 ME, tiveram início em janeiro deste ano e visam melhorar as condições de atendimento dos utentes da urgência médico-cirúrgica do Hospital do Litoral Alentejano, adiantou o responsável. 

“Vamos ter mais disponibilidade de camas e gabinetes, áreas de espera interna condignas, uma sala de tratamentos mais ampla e moderna, duas salas de pequena cirurgia, um gabinete de exames e uma área para a ortopedia que nos permite dizer que vamos ter uma grande melhoria das condições atuais da urgência”, acrescentou.

Com a conclusão da empreitada a futura urgência ficará instalada numa área de 1300 m2. 

De acordo com Luís Matias, a ULSLA vai relocalizar a atual farmácia do hospital e criar nessa área um hospital de dia com serviço de ambulatório. 

“Vamos ainda aproveitar para relocalizar a farmácia do hospital, que é encostada à urgência, para criar nessa área um hospital de dia com serviço de ambulatório”, acrescentou.

Quanto à necessidade de contratar mais profissionais, o presidente do Conselho de Administração da ULSLA disse que “conta poder reforçar a equipa” até à entrada em funcionamento da nova valência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *