IPMA: Portugal continental sob aviso amarelo este sábado

 

vento

Portugal continental vai estar, este sábado, sob aviso amarelo devido à previsão de chuva forte acompanhada de trovoada e rajadas de vento que podem chegar aos 100 km/hora, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o instituto, os 18 distritos portugueses vão estar sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva ou aguaceiros fortes acompanhados de trovoada e vento forte com rajadas na ordem dos 80 km/hora, que podem chegar aos 100 km/hora nas terras altas.

Os avisos decorrem entre as 8:00 de sábado e as 00:00 de domingo, sendo que o distrito de Faro tem ainda aviso amarelo para a agitação marítima, devido à previsão para a costa sul de ondas de sueste com 2 a 3 metros, entre as 6:00 e as 15:00 de sábado.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, é emitido pelo IPMA sempre que existe uma “situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica”.

O IPMA revela também que o arquipélago da Madeira está hoje sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva forte e trovoada.

De acordo com o instituto, o arquipélago da Madeira vai estar sob aviso laranja entre as 09:00 e as 21:00 de hoje devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoadas.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e refere-­se a uma situação meteorológica “de risco moderado a elevado”.

O IPMA colocou também as regiões montanhosas da Madeira sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte do quadrante sul com rajadas da ordem dos 90 quilómetros por hora entre as 12:00 e as 23:59 de hoje.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes e acompanhados de trovoada, vento moderado a forte do quadrante sul, com rajadas da ordem dos 65 quilómetros por hora a partir da tarde, tornando-­se de noroeste a partir do final da tarde.

Segundo o instituto, nas terras altas, o vento soprará forte de sudoeste com rajadas da ordem de 90 quilómetros por hora a partir do início da tarde e tornando-­se de noroeste a partir do final da tarde.

Fonte:Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*