IPMA: Renova aplicação multimédia

IPMAO Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) vai oferecer aos cidadãos previsões meteorológicas hora a hora e renovar a sua aplicação para “smartphones” e “tablets”.

O anúncio foi feito esta quarta-feira durante a apresentação de um novo de videowall que permite a visualização de dados de satélite, radar e de descargas eléctricas atmosféricas. Foi também revelado um novo supercomputador que será usado para modelação numérica atmosférica e marinha.

Os novos equipamentos, colocam o IPMA fica “na linha da frente”, considerou a ministra da Agricultura, acrescentando que vão permitir uma melhor recolha, investigação e tratamento dos dados meteorológicos.

“O IPMA está na linha da frente do trabalho meteorológico das previsões e tem procurado fazer uma atualização sistemática”, disse Assunção Cristas em declarações aos jornalistas no final da apresentação, salientando que os novos sistemas apresentados vão ser importantes para cidadãos e para áreas específicas como a economia e a agricultura.

No entender da ministra, os novos sistemas permitem trabalhar mais na previsão e na forma como a informação de prevenção chega aos utilizadores. “Assim, estaremos mais preparados para dar resposta a fenómenos delicados extremos. Estamos a falar das questões do litoral, do mar, das questões dos fogos florestais e rurais e como se pode antecipar alguma coisa por exemplo em matéria de vento”, disse.

Também o presidente do IPMA, Miguel Miranda, destacou a importância dos sistemas apresentados. “O supercomputador, que vai estar em funcionamento dentro de um mês, vai permitir triplicar no mínimo a nossa capacidade de modulação numérica atmosférica e marinha”, disse, adiantando que ser essencial nas áreas da vigilância aeronáutica sob responsabilidade nacional (Península Ibérica e boa parte do oceano Atlântico) bem como na área correspondente à Plataforma continental.

“Não estamos a falar de investimentos muito grandes como os radares ou balões. O supercomputador teve um custo de cerca de 800 mil euros e o videowall umas dezenas de milhares de euros”, disse.