Ministra do Mar aprova empreitada de ampliação para o molhe leste do Porto de Sines

A “Estratégia para o Aumento da Competitividade Portuária”, apresentada pelo governo em dezembro de 2016, atribui prioridade máxima ao desenvolvimento do segmento de carga contentorizada no porto de Sines, que passou de uma movimentação de 20.000 TEU (Twenty-Foot Equivalent Units, utilizada para contentores no shipping internacional), em 2004, para mais de 1 milhão e 500 mil TEU, em 2016.

O aumento da capacidade de movimentação de contentores no porto de Sines, será conseguida quer através da expansão do já existente Terminal XXI, quer através da construção de um novo terminal, tendo a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, determinado à APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve que desenvolvesse com celeridade todas as ações necessárias à concretização desse objetivo de competitividade.

Neste âmbito, para garantir a segurança e operacionalidade do porto, é necessário prolongar o molhe leste, tendo a Ministra do Mar​ autorizado a APS a efetuar o lançamento do processo de concurso da empreitada de “Execução da 3.ª Fase de Ampliação do Molhe Leste do Porto de Sines”, com o valor base de 88 milhões de euros, cujo concurso será lançado hoje.

A ampliação do Molhe Leste em 750 metros apresenta-se com o intuito multifatorial de garantir condições adequadas de abrigo à agitação marítima, de proporcionar melhores condições de manobras de acesso e rotação dos navios de maiores dimensões, de incrementar a operacionalidade existente, cujas taxas de utilização têm vindo a crescer, facilitando deste modo a expansão do porto.

Com o lançamento deste concurso dá-se mais um passo na concretização de uma estratégia de aumento da competitividade do porto de Sines e do sistema portuário nacional, potenciando o mercado de carga contentorizada que tem tido crescimentos acentuados no País e a nível mundial.

Fonte: APS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*