Odemira: Cavaleiro quer abrir fronteiras à comercialização da batata-doce

festadabatatadoce_cavaleiro

Abrir as fronteiras à comercialização da batata-doce do Cavaleiro, é um dos grandes objetivos da 7ª edição da festa dedicada a este tubérculo que, em Odemira, é cultivado em grandes quantidades.

Conhecida pela sua qualidade e variedade, a batata-doce é rainha nos próximos dias, garante Hélder Salvador, presidente do Centro Desportivo e Cultural do Cavaleiro.

 

A atingir preços convidativos, este ano, a produção de batata-doce foi reduzida para evitar a redução do valor no produtor.

 

Hélder Salvador garante que não há dificuldade em fazer escoar a batata-doce do Cavaleiro.

Para além da venda de batata-doce e dos mais variados doces regionais em que este produto é utilizado, haverá provas de batata-doce assada e cozida.

A iniciativa é promovida pelo Centro Desportivo e Cultural do Cavaleiro, com o apoio do Município de Odemira e Junta de Freguesia de S. Teotónio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*