Odemira: Denuncia mau estado das obras na Estrada 266

 

odemira

A Assembleia e a Câmara Municipal de Odemira aprovaram, por unanimidade, uma moção onde denunciam as más condições  da Estrada Regional 266, cuja atual situação é muito grave do ponto de vista da segurança rodoviária uma vez que as obras de beneficiação foram suspensas. Os autarcas pedem à Estradas de Portugal S.A. uma resposta com a maior urgência”.

Em 2013 a Estradas de Portugal S.A. iniciou uma obra de melhoramento na ER 266, no troço que liga o Viradouro à localidade de Luzianes-Gare, uma obra “amplamente saudada”, tendo em conta o avançado estado de deterioração em que se encontrava e que esta é a espinha dorsal do interior do concelho de Odemira para acesso das populações aos serviços públicos de proximidade (escolas, saúde e segurança), de distribuição do interior para a sede de concelho, bem como de acesso aos concelhos vizinhos.

Os autarcas denunciam que a “paragem sem justificação, nem na razão nem no tempo, da obra em questão, deixou o traçado praticamente intransitável.” Afirmam que “Esta situação é muito grave do ponto de vista da segurança rodoviária, por força da descontinuidade de pisos, agravando-se pela deficiente e deteriorada sinalização vertical”.

Foi deliberado questionar a Estradas de Portugal S.A. sobre a conclusão da empreitada de ligação entre o Viradouro e Luzianes-Gare. Foi também questionado o início da empreitada entre o Viradouro e o limite sul do concelho, na ligação ao distrito de Faro. Foi também dado conhecimento deste assunto aos Grupos Parlamentares da Assembleia da República e ao Ministério das Obras Públicas.