Odemira: Melhor do jazz com improviso e festa

 

Festival TassJazz - Diogo VidaDe 1 a 5 de julho, o melhor do jazz regressa a Odemira, para noites de qualidade, improviso, descontração e festa, com entradas livres.

Esta é uma aposta do Município de Odemira para diversificar e qualificar a oferta cultural da região, que tem conquistado o público desde a primeira edição.

Nas duas primeiras noites, 1 e 2 de julho, pelas 21.30 horas, os espetáculos acontecerão no Jardim Sousa Prado, com os alunos de jazz da Escola de Artes do Alentejo Litoral. A partir de quinta e até sábado, o jazz sobe ao Cerro do Peguinho, sobre o rio Mira e o casario de Odemira, com três espetáculos que prometem qualidade, a partir das 22.00 horas, com Alex Stuart 5teto, Jazzafari e Rui Teixeira Group.

O Tassjazz volta a contar com a participação do artista plástico Philippe Peseux, para uma performance de pintura ao vivo. Na Biblioteca Municipal haverá também uma masterclass com Vasco Agostinho e uma exposição que reflete o que tem sido o TassJazz, desde 2004 até 2013, que estará patente ao público até meio do mês de julho.

Para os músicos que queiram juntar-se à festa e entrar no ritmo, haverá uma jam session, ao final da tarde no dia 5 de julho, no Jardim Sousa Prado.