Odemira: Orçamento Participativo recebe 25 propostas da população

orçamento participativoA população odemirense apresentou 25 propostas para investimentos públicos no âmbito do Orçamento Participativo (OP) de 2014, que serão alvo de análise técnica e validação para posterior votação, que decorrerá durante os meses de outubro e novembro.

As propostas mais votadas, até ao montante individual de 125 mil euros e global de 500 mil euros, serão incluídas no Orçamento Municipal de 2015.

Até ao final de setembro, decorrerá a fase de análise técnica das propos¬tas e consequente admissão ou exclusão. Serão excluídas as propostas que a Comissão de Análise Técnica entenda não reunir os requisitos necessários à sua implementação, designadamente por não apresentar todos os dados necessários à sua avaliação, o valor expectável à implementação ultrapassar o valor definido, contrariar deliberações municipais ou colocar em causa o interesse municipal.

A votação será possível efetuar através de duas formas, ao longo dos meses de outubro e novembro, através do site www.op-cm-odemira.pt, e da disponibilização de locais para votação presencial no Balcão Único ou na mesa de voto itinerante que irá deslocar-se às freguesias.

Poderão votar nas propostas todos os cidadãos com idades a partir dos 16 anos de idade, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho de Odemira. Cada cidadão poderá votar duas vezes, sendo que os votos não podem ser ambos na mesma proposta ou em propostas que incidam numa mesma freguesia.

O Orçamento Participativo de Odemira tem por objetivo fomentar a democracia participativa, sendo os cidadãos a apresentar propostas e a decidir, através de votação, as propostas a incluir no Orçamento Municipal do ano seguinte.

Fonte: CMO