País: Atividade gripal com tendência decrescente

A atividade gripal é esporádica e a mortalidade por todas as causas continua com valores acima do esperado, de acordo com o Boletim da Vigilância Epidemiológica de Síndroma Gripal relativo à semana 05 deste ano.

O Boletim elaborado pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) refere que a taxa de incidência de síndroma gripal foi de 16,4 por 100.000 habitantes, o que indica uma “atividade gripal esporádica com tendência decrescente”.

Até à semana 05, foram analisados no Laboratório Nacional de Referência para o Vírus da Gripe e Outros Vírus Respiratórios, 862 casos de síndroma gripal, dos quais 466 (54%) positivos para o vírus da gripe [464 do subtipo A(H3), 1 do subtipo A(H1)pdm09 e um do tipo B da linhagem Victoria].

Em 86 dos casos de síndroma gripal foram detetados outros vírus respiratórios.

No mesmo período foram analisados laboratorialmente oito casos de síndroma gripal, dos quais dois positivos para o vírus da gripe A(H3).

A taxa de admissão por gripe em unidades de cuidados intensivos foi estimada em dois por cento. “Apesar de se ter verificado uma ligeira subida em relação às semanas anteriores, o valor estimado mantém-se próximo da linha de base”, lê-se no Boletim.

Share

Deixar uma resposta