Praias de Odemira com postos de saúde para os banhistas

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) reforça os serviços durante o verão, altura em que a região recebe milhares de turistas, com dois Postos de Saúde de Praia em duas praias do concelho de Odemira.

Os veraneantes que se deslocam ao litoral alentejano, entre 15 de julho e 30 de agosto, encontram nas praias de Vila Nova de Milfontes e da Zambujeira do Mar dois postos de saúde com um enfermeiro cada, para prestar os cuidados necessários ou para fazer uma triagem inicial da ocorrência e o encaminhamento para os serviços adequados.

“Já há vários anos existem postos de praia em Vila Nova de Milfontes e na Zambujeira do Mar, que têm o apoio diário de um enfermeiro externo, de 15 de julho a 30 de agosto”, afirma Horácio Feiteiro, diretor clínico dos Cuidados de Saúde Primários da ULSLA.

Além disso, os médicos e enfermeiros dos centros de saúde dos cinco concelhos do litoral alentejano (Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira) e as respetivas extensões prestam também cuidados aos veraneantes, refere o mesmo responsável.

“Nas extensões nas zonas das praias, como a Comporta e Melides [no concelho de Grândola], os médicos que lá dão consulta e os enfermeiros deram sempre apoio aos veraneantes”, afirma, lembrando ainda estarem disponíveis os serviços no Centro de Saúde de Grândola, onde há consulta de atendimento complementar até às 22 horas.

Também os Serviços de Urgência Básica (SUB) de Alcácer do Sal e de Odemira estão disponíveis 24 horas por dia, com o reforço de mais um enfermeiro.

Ainda sem dados deste ano para divulgar, o responsável indica que dos atendimentos feitos nos serviços de saúde durante a época de verão, cerca de 20 a 30% correspondem a utentes que não residem no litoral alentejano e que procuram geralmente “pequenos tratamentos, injetáveis ou casos de alergias”.

Os Postos de Saúde de Praia têm como objetivo assegurar cuidados de saúde de enfermagem e dar resposta a situações clínicas que possam ser tratadas no local ou, em caso de necessidade, encaminhar o utente para uma unidade de saúde mais adequada, no caso, a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, o SUB de Odemira, a 25 quilómetros, ou o Hospital do Litoral Alentejano, a cerca de 50 quilómetros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*