Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses diz que é preciso punir incendiários

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses diz que é preciso punir os autores dos fogos florestais em Portugal. Só este ano, cerca de 60 pessoas, já foram detidas pela Policia Judiciária por suspeitas de terem ateado incêndios.

Em declarações à Miróbriga, Jaime Marta Soares disse que a maioria dos incêndios “são de origem criminosa” e, por isso, o presidente da Liga diz que não entende “porque é que as forças de segurança fogem a esta questão”.

 

O responsável da Liga dos Bombeiros Portugueses diz que os portugueses devem ser sensibilizados e atuar contra “os malfeitores”.

 

De acordo com um estudo coordenado por Cristina Soeiro, responsável pelo Gabinete de Psicologia e Seleção da Escola de Polícia Judiciária, divulgado pelo jornal Expresso, a maioria dos incendiários são do sexo masculino (92%), solteiros (68%), com baixos níveis de escolaridade e, na maior parte das vezes, são desempregados ou possuem ocupações laborais indiferenciadas (37%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *