Santiago do Cacém debate diagnóstico precoce e prevenção do cancro da mama

O auditório municipal António Chainho, em Santiago do Cacém, recebe no próximo sábado (12) uma sessão de esclarecimento sobre o rastreio do cancro da mama, organizado pela Missão Coragem e Unidade de Cuidados na Comunidade.

A iniciativa, surge no âmbito do mês da luta contra o cancro da mama, que se assinala em outubro e na sequência do rastreio que a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) está a promover no concelho de Santiago do Cacém.

Nuno Oliveira, cirurgião/senologista adiantou à Miróbriga que este encontro não é mais do que “uma conversa sobre o diagnóstico precoce” e a “prevenção do cancro da mama”.

A sessão realiza-se em simultâneo com o rastreio do cancro da mama que a Liga está a desenvolver no concelho de Santiago do Cacém e, cuja adesão, de acordo com dados da LPCC, continua “abaixo da média nacional”.

De acordo com Nuno Oliveira, “entre 90 a 95% das situações” de diagnóstico precoce “são curáveis” e por isso o cirurgião aconselha a que todas as mulheres “participem no rastreio”.

O rastreio é realizado de dois em dois anos e, em 2018, a Liga pretende atingir uma média de participação de cerca de 70 por cento no concelho de Santiago do Cacém.

No sentido de sensibilizar as mulheres para a importância deste recurso na deteção precoce da doença e no sucesso do tratamento, especialistas vão debater e esclarecer dúvidas acerca da qualidade dos exames realizados e encaminhamento para um tratamento adequado.

No encontro de sábado participam o cirurgião/senologista, Nuno Oliveira, o médico de família, Jorge Rodrigues e Ana Carina, enfermeira e colaboradora da Missão Coragem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *