Santiago do Cacém: Jorge Nunes desafiou as organizações centrais

 

Jorge Nunes, Presidente da Caixa Agrícola da Costa Azul

O Presidente da Caixa Agrícola da Costa Azul, Jorge Nunes desafiou as organizações centrais (FENACAM e Caixa Central) a prepararem técnicos para elaborarem as candidaturas ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

Com as candidaturas à porta, o responsável diz que vai haver falta de profissionais para assegurar que todas as candidaturas sejam efetivadas.

 

Em declarações à Miróbriga, à margem do seminário ‘Inovação na Agricultura, Agro-Industria e Floresta’, que se realizou no auditório municipal António Chainho, Jorge Nunes adiantou que a caixa “tem todos os capitais disponíveis para aplicar” mas “é necessário dar corda aos sapatos”, exortando os agricultores a apresentarem ideias para desenvolver os projetos.

A Caixa Agrícola lançou recentemente o Prémio Inovação, uma iniciativa que pretende contribuir para a disseminação de uma cultura de inovação nos setores da agricultura, agro-indústria e floresta e que tem como objetivo promover e incentivar projetos inovadores.

O concurso irá premiar projetos inovadores em cinco categorias distintas: inovação empresarial; projetos de investigação e inovação tecnológica; empreendedorismo e inovação social; agricultura familiar e micro-empresas; projetos de elevado potencial promovidos por associados crédito agrícola.

Entre vários prémios, aos vencedores será atribuido uma quantia de 5 mil euros. O período de candidatura termina a 10 de junho.