Santiago do Cacém: “O Canto da Utopia”

o canto da utopiaO Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém, recebe dia 23 de maio, pelas 23h00, o evento “O Canto da Utopia”.

O Canto da Utopia é uma viagem intimista pela vida, obra poética e musical do génio da música popular portuguesa. Zeca Afonso, iniciada em Coimbra, revelando a sua postura estética, cívica e interventiva, que tem o seu apogeu com a edição de Cantigas de Maio, em 1971, cuja obra irá constituir a génese da Nova Música Portuguesa como referência fundamental.

Este recital traduz-se num momento muito particular, em que são exultadas a Música, a Poesia, a Composição e a postura Livre do criador, que não se alheia do contexto social, humano e político em que está inserido. José Afonso intervém com coragem e fraternidade apoiando os presos políticos e, depois de abril, fazendo sessões em defesa da revolução.

O espetáculo tem a particularidade de ser apresentado (Eduardo Raposo) a partir das próprias palavras de José Afonso, com temas exclusivos do Zeca interpretados por Francisco Naia e Ana Neto, acompanhados pelos músicos José Carita, Edmundo Silva e Marco Rodrigues. Momentos de poesia pelos alunos da Escola Secundária Manuel da Fonseca com a colaboração da professora Fátima Beja.