Santiago do Cacém recebe exposição alusiva ao primeiro automóvel em Portugal

O Museu Municipal de Santiago do Cacém inaugura no próximo sábado (13 de outubro), às 17:30, a exposição de pintura D’Assis Cordeiro, intitulada O “Gasolina” em Santiago do Cacém, 1895, no âmbito das comemorações dos 123 anos da chegada do primeiro automóvel a Portugal.

A exposição alusiva ao primeiro automóvel a circular em Portugal, o Panhard et Levassor, adquirido pelo santiaguense D. Jorge d’Avillez, em 1895, surge no âmbito de uma recolha de vários anos do artista que foi convidado pelo município de Santiago do Cacém para divulgar o seu trabalho sobre a viagem histórica a Santiago do Cacém.

A exposição é composta por seis pinturas a óleo, 14 esboços e painéis informativos sobre Santiago do Cacém, os condes d’Avillez, José Benedito Hidalgo Vilhena (que acompanhou o conde d’Avillez no Panhard et Levassor na primeira viagem Lisboa, Santiago do Cacém), René Panhard e Émile Levassor.

Além da mostra, que vai estar patente no Museu Municipal, até 30 de março do próximo ano, a Câmara de Santiago do Cacém realiza, em conjunto com o Clube de Automóveis Antigos da Costa Azul, a tradicional reposição da viagem do primeiro automóvel entre Lisboa e Santiago do Cacém.

Em declarações à Miróbriga, o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, diz tratar-se de “uma data simbólica” que é assinalada todos os anos em Santiago do Cacém.

No sábado, às 15:30, está prevista a chegada dos automóveis antigos a Santiago do Cacém com passagem pela Avenida Manuel da Fonseca, rua de Moçambique, Praça Zeca Afonso, rua Cidade de Setúbal e Jardim Municipal.

Na avenida D. Nuno Alvares Pereira, às 16:00, está prevista a tradicional gincana automóvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *