Santiago do Cacém: Salas do futuro já chegaram ao concelho

créditos * João Ganhão

A escola secundária Manuel da Fonseca e a escola básica Frei André da Veiga, em Santiago do Cacém, contam desde o passado mês de janeiro com quatro salas interativas onde os alunos são estimulados a trabalhar em rede.

As salas, designadas por laboratórios de aprendizagem, estão equipadas com tablets, híbridos, computadores portáteis e Magalhães de segunda geração, para auxiliar os alunos nas suas ‘tarefas’ escolares.

Para o diretor da secundária Manuel da Fonseca, as novas salas permitem aos alunos desenvolverem mais competências..

Com a entrada em funcionamento das quatro salas interativas, os dois estabelecimentos de ensino tornaram-se nos únicos no sul do país. Ao todo foram distribuídos 240 equipamentos pelas salas do futuro, e, em cada uma delas foi instalado mobiliário adequado, quadros multi-toque e mesas interativas.

O investimento de 86 mil euros foi apresentado publicamente, na passada segunda-feira, 3 de abril, durante a iniciativa ‘Escola 3D’ que, durante dois dias, juntou mais de 1500 alunos em inúmeras atividades organizadas pelo agrupamento de escolas de Santiago do Cacém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *