Santiago do Cacém: Simulacro testa meios de combate ao ébola

saude_hla

A Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, EPE (USP-ULSLA) realizou hoje, pelas 10h00, o exercício Níger 2015.

O simulacro teve com objetivo “testar a capacidade de deteção, validação e encaminhamento de um caso suspeito de ébola na região do Alentejo, bem como de todos os procedimentos a implementar numa situação de diagnóstico confirmado”, anunciou a ULSLA em comunicado.

O exercício consistiu na simulação da chegada de um navio oriundo do porto de Conakry, do país Guiné Conacry, ao Porto de Sines, onde se encontrava, a bordo, um tripulante com sintomas sugestivos de ébola.

Com base neste cenário, a USP-ULSLA e o Departamento de Saúde Pública daAdministração Regional de Saúde do Alentejo, juntamente com a Autoridade Marítima Local, Autoridade de Fronteira Local (SEF), Autoridade Portuária (APS), Proteção Civil, Direção Geral Saúde (DGS), INEM e GNR, testaram as comunicações entre si, bem como processo de validação do caso junto da DGS, e a retirada do doente, enquanto “caso provável”, do navio pelo INEM.

O exercício Níger 2015 terminou com a escolta da GNR à ambulância do INEM até à saída do concelho de Sines.

Fonte:ULSLA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *