Seguro anuncia candidato dia 5

2014-02-21232236_CA967162-B341-4FEB-88DD-FECB0766BF67$$738d42d9-134c-4fbe-a85a-da00e83fdc20$$efca381b-755a-4475-b3fd-8d0d6fbc2607$$odia_imagem_grande$$pt$$1Secretário-geral do Partido Socialista revela o cabeça de lista às eleições europeias de 25 de maio. Francisco Assis é o nome mais provável.O líder do PS, António José Seguro, anuncia oficialmente o nome do cabeça de lista do partido às eleições europeias no dia 5 de março, em Lisboa. Tal não invalida que o candidato possa vir a ser conhecido já no início desta semana, apurou o Correio da Manhã. Francisco Assis é a escolha mais provável. Seguro participa no congresso do Partido Socialista Europeu (PSE), em Roma, onde vai ser aprovado o manifesto eleitoral para as eleições de 25 de maio. O CM sabe que 5 de março foi sempre a data prevista para o PS revelar o cabeça de lista – e nem mesmo as críticas internas levaram Seguro a alterar o plano. O autarca de Lisboa, António Costa, e Carlos César, ex-presidente do Governo Regional dos Açores, estão entre os principais críticos à demora do partido. Francisco Assis, ex-presidente do grupo parlamentar do PS, que deve ser o escolhido para liderar a lista, também teceu críticas a António José Seguro. Além de Assis, Jorge Sampaio foi outro dos socialistas referidos. Em cima da mesa, apurou o CM, esteve ainda o nome do antigo secretário-geral Ferro Rodrigues.O PS aproveitou a abertura do congresso do PSD, que começou ontem e termina domingo, para advertir o Executivo de que uma eventual “saída limpa” do País do programa de apoio financeiro seria “insuportável” com o atual nível de juros. Eurico Brilhante Dias, membro do Secretariado Nacional do PS, reforçou que uma saída nestes moldes seria o equivalente ao “Governo se atirar para a piscina, sem boia, quando não sabe nadar”.