Setúbal: Apreensão de peças automóveis e de veículos no valor superior a 5 milhões de euros

A Unidade de Ação Fiscal (UAF), apoiada pelo Comando Territorial de Beja, realizou nos dias 1 e 2 de fevereiro, uma operação (dirigida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Beja) direcionada a operadores económicos em Beja e Setúbal, no âmbito do crime de Fraude Fiscal Qualificada, tendo sido apreendido mais de 5 milhões de euros em peças automóveis.

Foram realizadas três buscas domiciliárias e 12 não domiciliárias onde foram apreendidas:

6 695 peças automóveis (motores completos, carroçarias, transmissões, centralinas, embraiagens, amortecedores, colunas de direção, etc.) com um preço de venda ao público apurado em 5.484.544 euros; 93 veículos semidesmantelados; dois computadores; Dois telemóveis; um cofre.

Foram constituídos arguidos dois homens e uma pessoa coletiva, sendo sujeitos a termo de identidade e residência.

Esta operação é o corolário de dois anos de investigação a operadores que se dedicavam ao desmantelamento de veículos e, consequentemente, à sua venda em peças a consumidores finais, a outras oficinas de reparações da região alentejana, setubalense e algarvia, bem como a stand de automóveis.

Esta investigação incidiu assim num canal dissimulado de abastecimento de componentes autos, tendo sido este conjunto de transações e rendimentos obtidos ocultados da Administração Tributária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *