Sines associa-se às Jornadas Europeias do Património

A Câmara Municipal de Sines, através do Museu de Sines, participa na edição de 2017 das Jornadas Europeias do Património, com atividades ligadas ao seu património marítimo entre 22 e 26 de setembro.

As jornadas arrancam a 22 de setembro, com a visita/ateliê “Histórias da Praia de São Torpes”, no Castelo de Sines, para grupos escolares, mediante marcação.

No dia 23 de setembro, pelas 14h00, decorre uma visita guiada à obra de Recuperação e Musealização das Fábricas Romanas, onde os participantes ficarão a conhecer alguns pormenores técnicos do edifício do museu de sítio que está a ser construído para as proteger e dar a conhecer melhor. A visita exige marcação prévia, no Museu de Sines, e está limitada ao número máximo de 20 participantes.

Mais tarde, pelas 15h00, decorre uma visita guiada à exposição Memórias de São Torpes, patente no Castelo de Sines até 5 de outubro, seguida do lançamento da 12.ª edição do jornal Redes do Tempo, pelas 17h00, que aprofunda algumas das memórias mais curiosas desta praia.

À noite, pelas 21h00, o Castelo de Sines recebe uma tertúlia em torno da indústria conserveira de Sines, no passado, presente e futuro.

No dia 24 de setembro, decorre uma visita à Herdade da Provença, acompanhada por alguns dos seus antigos habitantes, que irão partilhar as suas histórias e saberes. A visita tem partida do Castelo de Sines, em autocarro, a partir das 15h00, mediante marcação no Museu de Sines e limitada aos lugares existentes no autocarro.

As jornadas terminam a 26 de setembro, no Forte da Ilha do Pessegueiro, com uma visita guiada por António Martins Quaresma, às 17h00, seguida pela entrega da carta de posições de naufrágios da costa alentejana pela Associação Portuguesa de Atividades Subaquáticas e Ecoalga, às 18h00. Às 19h00, decorre uma prova de vinhos da região acompanhando o pôr-do-sol na ilha.

As atividades têm entrada gratuita.

As JEP são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, envolvendo cerca de 40 países, tendo como objetivo a sensibilização dos cidadãos para a importância da proteção do património.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*