Sines: Festival Músicas do Mundo com o maior número de espetáculos de sempre

 

O Festival Músicas do Mundo cumpre, em Sines, a partir de sexta-feira, 56 concertos, o maior número de espetáculos de sempre no evento, que tem tentado ser palco da “identidade”, da “alegria”, da “igualdade” e também de “luta”.

O aumento da quantidade de espetáculos programados significa um “reforço” do número de concertos nos primeiros dias do FMM, que começa na sexta-feira, na aldeia turística de Porto Covo, e continua, a partir de segunda-feira, na cidade de Sines, no distrito de Setúbal.

Na 19.ª edição, muitos são os músicos que “revisitam” o FMM, destacou Carlos Seixas, exemplificando com o iraniano Mohammad Reza Mortazavi, Waldemar Bastos (Angola), Fatoumata Diawara (Mali), Mercedes Péon (Espanha) e ainda os brasileiros Bixiga 70, que sobem ao palco com Orlando Julius (Nigéria).

Os concertos começam, como é habitual, em português, com um espetáculo que junta no palco de Porto Covo o “mestre da guitarra portuguesa”, António Chainho, e o fadista André Baptista, ambos artistas naturais do litoral alentejano.

O FMM vai estar em Porto Covo até domingo, com 12 concertos de acesso gratuito, seguindo na segunda-feira para Sines, onde tem viagem marcada pelo mundo da música até 29 de julho, com mais 44 espetáculos divididos entre o Pátio das Artes, o Largo Poeta Bocage, o Centro de Artes de Sines, a avenida Vasco da Gama e o Castelo.

Fonte:Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *