Sines: Medida de coação máxima para homem que agrediu GNR

tribunalsantiago

Ficou em prisão preventiva, o homem de 55 anos que agrediu um militar da GNR no passado domingo, em Sines.

O agressor de nacionalidade cabo verdeana, foi ouvido em Tribunal durante dois dias e acabou por recolher ao Estabelecimento Prisional de Setúbal.

Recorde-se que o militar da GNR de 23 anos ficou ferido depois de ter sido agredido pelo arpão de uma arma de caça submarina disparado pelo homem que estaria a provocar desacatos num restaurante da costa do norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*