Sines: ‘Natal no Largo’ leva magia do natal ao centro histórico

créditos* Almor Loução
créditos* Almor Loução

A magia do Natal regressa ao centro histórico de Sines com a iniciativa Natal no Largo, nos dias 5 e 6 de dezembro, entre as 10h00 e as 19h00.

Mercado tradicional, fotografias com o Pai Natal, sessões de contos, oficina do chocolate, espetáculo de magia e concerto de Natal pelo grupo Shout! (gospel) são os destaques do programa.

O mercado tradicional, com produtos típicos da região, doces, iguarias de Natal, artesanato e mostra de artes e saberes, decorre durante todo o período da feira no Largo Poeta Bocage, Praça Tomás Ribeiro e ruas adjacentes, com a presença de 80 expositores.

Também em ambos os dias, mas no período 10h00-18h00, está disponível para visita, no Museu de Sines (Castelo), um presépio tradicional da Diocese de Beja, que utiliza técnicas e materiais tradicionais como as flores de papel, conchinhas e musgo, evocando um presépio português típico do século XVIII.

No mesmo horário, na sala da Biblioteca do Castelo, estão expostos trabalhos alusivos ao Natal realizados pelas famílias e alunos da Escola Básica n.º 2 de Sines.

De acordo com o presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas o desafio lançado o ano passado para a realização do evento durante dois dias vai voltar a repetir-se.

A feira que tem vindo a consolidar-se ano após ano depara-se agora com a falta de espaço para crescer uma vez que a procura supera a oferta disponível. Por essa razão, em 2016, o recinto será alargado dando um outro enquadramento ao castelo da cidade.

A organização procurou diversificar a oferta de produtos e de atividades.
A animação da iniciativa tem início, sábado e domingo, com uma parada de Natal, às 10h30. O Pai Natal chega com os seus ajudantes especiais, num pequeno desfile que começa no Largo Poeta Bocage e termina na Praça Tomás Ribeiro. Participação especial do Presépio Vivo do ATL “A Gaivota”.

A chef pasteleira Michelle Mosteias (IEFP) está presente no Natal no Largo para duas oficinas de chocolate “Lambuzar-te”. No sábado, ensina a confecionar bolachas de Natal e, no domingo, ensina a fazer brigadeiros. Sempre às 11h30, na cafetaria do Castelo. Mediante inscrição.

Os sabores gastronómicos estão de volta às 16h00 de cada dia, com sessões de show-cooking na cafeteria do Castelo. No dia 5, o chef Dário Ramos cozinha e a Adega Mãe promove uma degustação de vinhos. No dia 6, a arte culinária é do chef André David e os vinhos são d’A Serenada Enoturismo.

No Natal no Largo aprende-se a cozinhar, mas não só. No sábado, às 15h30, nos antigos CTT, realiza-se um laboratório onde os mais novos podem experimentar e investigar o fenómeno da confeção de neve artificial e de um boneco de neve.

No domingo, à mesma hora e no mesmo local, as crianças são convidadas a criar os seus presentes de Natal com recurso a materiais do quotidiano. Também para os mais novos, a não perder, no domingo, às 17h00, no Largo Poeta Bocage, a abertura da pinhata de Natal, com um jogo associado.

Os espetáculos do Natal no Largo 2015 são três. No sábado, às 17h00, na Praça Tomás Ribeiro, apresenta-se o Circus Natalicius, espetáculo de Oli and Mary para toda a família, com acrobacia, malabarismo e magia. Ainda no sábado, às 18h00, no Largo Poeta Bocage, acontece um dos momentos altos da iniciativa: concerto pelos Shout!, grupo de referência no repertório gospel nacional, com lançamento de neve.

No domingo, às 18h00, no Largo Poeta Bocage, o programa de animação da iniciativa é concluído com o espetáculo de ilusionismo para famílias Magic Clown, também com lançamento de neve.

A entrada na iniciativa é livre, com exceção das oficinas de chocolate por Michelle Mosteias, que requerem inscrição prévia. O trânsito encerra no centro histórico e nos seus acessos.

O Natal no Largo é uma organização da Câmara Municipal de Sines, com a parceria da Junta de Freguesia de Sines, Delegação de Sines da Associação do Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal – Comércio local, Escola das Artes do Alentejo Litoral, Arte Velha – Associação de Artesãos, FabLab Lisboa e com o apoio de várias entidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*