Sines: Utentes exigem melhorias no serviço de transportes públicos urbanos

A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do concelho de Sines entregou esta semana um abaixo assinado, com 420 assinaturas, a exigir a renovação e modernização dos transportes públicos urbanos da cidade de Sines.

Criado em 2005, o serviço, composto por dois autocarros que realizam por ano mais de 96 mil transportes, há muito que é alvo de queixas por parte dos utilizadores, diz Armando Justo, porta-voz da comissão de utentes.

“Um serviço que foi criado há mais de dez anos nunca foi alvo de melhoramentos e por isso é que avançamos com este abaixo-assinado”, explicou.

A falta de ar condicionado nos autocarros e os sucessivos atrasos são algumas das queixas dos utilizadores que preocupam a comissão de utentes.

“O ar condicionado só funcionou nos dois primeiros anos e depois por falta de manutenção deixou de funcionar. As pessoas chegam atrasadas ao trabalho e os miúdos à escola devido aos atrasos nos horários”, acrescentou.

Com cerca de 300 utilizadores diários, desde idosos a crianças, Armando Justo diz que o número insuficiente de paragens é outra das deficiências do serviço de transportes urbanos.  

“Foram construídos dois equipamentos e os motoristas têm de deixar as pessoas longe dos locais porque não existem paragens suficientes”, lamentou.

A reposição dos transportes aos sábados é outra das reivindicações dos utentes. 

A comissão entende que o afastamento dos utilizadores se deve às insuficiências do serviço que há muito aguarda uma terceira viatura para responder às necessidades. 

O bilhete de adulto custa 0,56 cêntimos e os bilhetes de criança até aos 16 anos e para pessoas com cartão social é de 0,29 cêntimos.

O abaixo assinado, a exigir a colocação de ar condicionado, a antecipação dos horários em cerca de 10 minutos, a reposição do funcionamento dos transportes ao sábado e a criação de novas paragens no novo centro de saúde, pavilhão multiusos, praia Vasco da Gama e Ribeira de Moinhos, foi entregue aos presidentes da Câmara e Assembleia Municipal de Sines e Junta de Freguesia de Sines.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *