Arquivo de etiquetas: MIRÓBRIGA

Consagração de Barbero

5aetapa_press01Ao fim de cinco dias de competição, Évora convocou São Pedro e consagrou à chuva o espanhol Carlos Barbero (Euskadi) como vencedor da 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros. Numa inédita chegada à Praça do Giraldo, no centro da cidade, Samuel Caldeira (OFM-Quinta da Lixa) sprintou e festejou o triunfo na última tirada da “Alentejana” que ligou, este domingo, Álcacer do Sal a Évora numa distância de 172,9 quilómetros.

Em Évora, o empedrado do centro histórico em subida, e molhado pela chuva que caiu durante todo o dia, dificultou os últimos 400 metros da etapa, mas Samuel Caldeira conseguiu adiantar-se aos adversários e arrecadar a segunda vitória da época. Depois já com os raios de Sol a espreitarem, o algarvio subiu ao pódio com o filho ao colo e sorriso rasgado. O corredor da equipa OFM/Quinta da Lixa, orientada por José Barros, confessava no final que conhecia bem a chegada, “tinha feito o reconhecimento dias antes e sabia que com a chuva que estava hoje era preciso entrar bem colocado e com bastante cuidado. A equipa deixou-me bem colocado à entrada de Évora e depois foi esperar pela parte final e atacar.” Caldeira ainda acrescentou, “sabia que ao vencer uma etapa, a confiança chega e a motivação também. Esta é a segunda vitória e espero que venham mais esta época!”

O já líder Carlos Barbero chegou a Évora no quinto lugar, mas a vantagem para vencer a “Alentejana” era suficiente. Na segunda posição da classificação geral ficou o espanhol da OFM/Quinta da Lixa, Eduard Prades, a 10 segundos e o checo Karel Hnik fechou os três primeiros lugares da Volta ao Alentejo em bicicleta ao gastar mais 17 segundos. O novo vencedor da “Alentejana”, da equipa Euskadi, vestiu a Camisola Amarela Liberty Seguros na segunda tirada competição, entre Sousel e Montemor-o-Novo, e conseguiu mantê-la ininterruptamente até ao último dia. O espanhol de 22 anos, Carlos Barbero reconhece que “foi uma etapa complicada, com muita chuva, mas a equipa foi formidável porque conseguiram controlar a etapa desde o princípio. É um orgulho pôr o meu nome nesta Volta ao Alentejo e dedico esta vitória à minha equipa.”

 

Share

Crimes de violência doméstica atingem valores superiores a 2012

violencia_domesticaO crime de violência doméstica aumentou 2,4 por cento em 2013 e foi responsável por 40 homicídios conjugais/passionais, mais três do que em 2012, segundo os principais dados do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) hoje divulgados.

Segundo o documento, morreram vítimas de violência doméstica 30 mulheres e 10 homens.

O documento disponibilizado aos jornalistas indica que no ano passado registaram-se mais 640 participações de violência doméstica contra cônjuges, idosos e crianças, mais 2,4 por cento do que em 2012

No que toca apenas à violência doméstica contra cônjuges, as autoridades receberam 22.247 participações em 2013, mais 681 do que no ano anterior.

Os distritos onde se registou o maior número de casos de violência doméstica foram Lisboa (5.885), Porto (5.142), Setúbal (2.380).

Com mais de mil casos registados constam ainda os distritos de Braga (1.877), Aveiro (1.668), Faro (1.271) e Coimbra (1.130).

Na conferência de imprensa para apresentar os principais resultados do RASI, o secretário-geral do Sistema de Segurança Interna, Antero Luís, manifestou-se preocupado com o aumento do crime de violência doméstica.

“A única preocupação resulta da violência doméstica”, disse, sublinhando que “é muito difícil fazer prevenção no contexto policial”.

“ Ou os casos estão sinalizados e há prevenção a montante da atividade policial, ou então é muito difícil fazer prevenção em crimes desta natureza”, sustentou.

Share

GNR detém 66 condutores com excesso de alcóol

Op Baco  site 1Um total de 66 condutores foram detidos pela GNR, durante a “Operação Baco” de fiscalização rodoviária, por apresentarem uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 gramas/litro, indicou à Lusa fonte da GNR.

A operação, que decorreu entre as 23:00 de sábado e as 07:00 de hoje e que envolveu todos os comandos territoriais da GNR, permitiu fiscalizar 5.246 condutores, sendo que 227 conduziam com excesso de álcool no sangue.

No total, foram elaboradas 563 contraordenações, precisou a fonte.

O balanço final da operação, que incluirá as apreensões e outras infrações cometidas pelos automobilistas, será divulgado segunda-feira pela GNR.

Share

Volta ao Alentejo: Sprint checo não beliscou amarela

Chegada 3 EtapaO checo Karel Hnik (Etixx) venceu ao sprint a quarta e penúltima etapa da 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros que ligou, este sábado, Odemira a Santiago do Cacém numa distância de 159,2 quilómetros. Com este triunfo Hnik estreou-se a ganhar como profissional ao mesmo tempo que ascendeu ao terceiro lugar da classificação geral com mais 15 segundos que o líder Carlos Barbero. O espanhol da Euskadi esteve na discussão da vitória em Santiago do Cacém, mas acabou batido por Karel Knik após discussão vigorosa junto à meta. Eduard Prades (OFM/Quinta da Lixa) foi terceiro na etapa e manteve-se em segundo da geral, mas agora a 8 segundos do líder.

A Volta ao Alentejo já não é uma novidade para Karel Hnik. No ano passado terminou em 21º lugar à geral, tendo sido o nono melhor jovem da competição. Se na primeira etapa da Alentejana de 2013 o checo conseguiu um segundo lugar na subida ao Marvão, este ano viu sorrir-lhe a meta de Santiago do Cacém. “Foi muito difícil, porque os últimos 500 metros eram muito íngremes. A minha equipa colocou-me bem, mas foi muito intenso”, explicou o jovem de 22 anos satisfeito com a prestação.

Por outro lado, Carlos Barbero mostrava-se desapontado com o resultado do dia: “Estou com amargo de boca por não ter conseguido ganhar e dedicar a vitória à minha equipa pelo grande trabalho que tem feito.Controlei a etapa com os meus colegas, na chegada coloquei-me bem, mas não consegui superar o adversário [Karel Hnik].”

Corre-se este domingo, 30 de março, o derradeiro dia de competição alentejana que começa em Alcácer do Sal junto ao tribunal. Quando a partida for dada às 11h15 faltarão 173 quilómetros para se conhecer o vencedor da 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros. As metas volantes de Vendas Novas, Pavia e Arraiolos e o prémio de montanha de 4ª categoria, às portas de Montemor-o-Novo,são pontos “quentes” de uma jornada que terminará em festa na Praça do Giraldo, coração da cidade de Évora, que não recebia a visita da “Alentejana” desde 2010.Vencedor Etapa4

Share

Hora do Planeta assinalado em Grândola e Odemira

cartazregional_461868A Hora do Planeta, que pretende deixar o mundo às escuras durante uma hora, tem a adesão de 94 cidades portuguesas, que vão apagar as luzes em monumentos e edifícios públicos, e de cidadãos, para defender a sustentabilidade da natureza.

Na edição deste ano, a terceira em Portugal, a organização internacional de conservação da natureza WWF volta a incentivar todos os países a desligar a eletricidade entre as 20:30 e as 21:30 deste sábado, e propõe uma atividade diferente.

Ao “apagão” junta-se a realização de uma mega aula de yoga em Lisboa e mais nove cidades portuguesas (Cascais, Oeiras, Santarém, Coimbra, Évora, Aveiro, Tomar, Portalegre e Batalha).

O município de Grândola compromete-se a desligar as luzes por 60 minutos, durante a Hora do Planeta, nos seguintes monumentos e edifícios: Universidade Sénior de Grândola, Estátua do Dr. Jacinto Nunes, Monumento à Liberdade, Monumento a José Afonso, Reservatório Elevado de Água na Praça do Município, Coreto, Cineteatro Grandolense, Edifício da Sociedade Musical de Fraternidade Operária Grandolense, Fachada do Pavilhão Desportivo José Afonso, Edifício Municipal dos Serviços de Educação e Cultura, Parque de Feiras e Exposições e Parque Desportivo Municipal.

No âmbito da evolução da campanha Hora do Planeta e do conceito ‘Para além da Hora e Eu faço se tu Fizeres’ o município compromete-se em 2014 a realizar ações de sensibilização ambiental dirigidas à população do Concelho para o uso eficiente da água, no quadro do Plano de Ação para a Eficiência Hídrica e aos alunos das sete Eco escolas do município, com a organização de visitas ao sistema intermunicipal de recolha e valorização de resíduos, e ainda a limpeza dos 45 quilómetros da frente atlântica do concelho por grupos de voluntários durante a segunda quinzena de maio.

O Município de Odemira vai aderir à iniciativa “Na Hora do Planeta”, desligando as luzes dos Paços do Concelho, da Ponte Pedonal e do Parque Municipal de Oficinas e Viaturas, entre as 20.30h e as 21.30 horas.

Share