ULSLA integra Sistema Informático no Registo Nacional de Utentes

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) é a primeira unidade de saúde em Portugal a integrar, com sucesso, a sua base de dados de doentes no Registo Nacional de Utentes (RNU).

De acordo com uma nota da ULSLA, a iniciativa decorre de um projeto dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) com vista a integrar a informação constante no Registo Nacional de Utentes com a base de dados das instituições.

“A informação do RNU é alimentada por diversas entidades, com especial destaque para os Centros de Saúde, Hospitais, Sistema de Informação dos Certificados de Óbito (SICO), Ministério das Finanças ou Cartão do Cidadão”, exemplifica a ULSLA.

Num balanço recente do projeto-piloto, a ULSLA foi a única unidade em todo o país a “implementar e manter com sucesso” esta funcionalidade.

Nova ferramenta da ULSLA notifica utentes 

No seguimento do projeto-piloto, o Serviço de Sistemas e Tecnologias de Informação da ULSLA, desenvolveu e implementou uma nova ferramenta, única em Portugal, que permite notificar os serviços competentes em caso de falecimento de utentes com consultas, cirurgias, análises clínicas, sessões de Hospital de Dia ou outros cuidados de saúde agendados no Hospital do Litoral Alentejano.

De acordo com a ULSLA, esta ferramenta, “que permite evitar convocatórias indevidas”, entrou em funcionamento durante o mês de outubro e vai ser estendida aos cuidados de saúde primários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *